Vergonha

Deputado diz que desembargador do TO afastado pelo CNJ recebe R$ 251 mil reais por mês

08/05/2019 17h45 - Atualizado em 08/05/2019 19h01

O deputado federal Giovani Cherini (PR-RS) citou nesta quarta-feira, 08,  na Comissão da Reforma da Previdência que  o desembargador Amado Cilton Rosa recebe R$ 251 mil mensal do Tribunal de Justiça do Tocantins.

O Deputado ainda citou vários outros exemplos de aposentadoria milionárias pagas em várias partes do País. 

Um detalhe: esse desembargador foi afastado do Tribunal de Justiça do Tocantins pelo CNJ na operação MAET em 2010.

Como o caso dele não foi julgado até hoje pelo CNJ,  e ele recebe 251 mil reais sem trabalhar e mora em São Paulo atualmente.

Fonte: Redes Sociais

Veja Também