No interior do Estado

Polícia Civil prende seis pessoas e apreende 18 armas de fogo

09/05/2019 08h40 - Atualizado em 09/05/2019 14h50
Foto: Divulgação

Uma força-tarefa realizada por policiais civis das Delegacias de Campos Lindos, Filadélfia e Goiatins, com apoio da 4ª DPC de Araguaína, nesta quarta-feira, 8, resultou na apreensão de várias armas de fogo e nas prisões de seis pessoas na zona rural de Campos Lindos.

A mulher e os cinco homens presos são suspeitos de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Conforme o delegado titular de Campos Lindos, Gustavo Toledo, que conduziu a operação, a ação policial teve como objetivo dar cumprimento a mandados de busca e apreensão e um de prisão temporária, em desfavor de um indivíduo suspeito de envolvimento em crime de roubo, com restrição de liberdade, cometido em 2018, em Campos Lindos.

“Em decorrência da investigação do roubo, levantamos informações de que o suspeito estaria escondido na zona rural da cidade, mais precisamente no povoado da Raposa, distante 60 km de Campos Lindos, sendo que, no local, também haveria a possibilidade da existência de mais pessoas suspeitas de crimes diversos, entre eles tráfico de drogas”, disse o delegado.

Durante a ação nas proximidades da divisa com o Estado do Maranhão, os policiais civis encontraram uma produção artesanal de armas de fogo em um casebre no povoado. "Os suspeitos cortavam as madeiras, faziam as coronhas e deixavam as armas prontas para uso", ressaltou o delegado. 11 armas foram apreendidas no imóvel e mais 7 durante a continuidade da operação, que também retirou de circulação porções de maconha e cocaína.

Equipamentos diversos, de origem não comprovada, também foram apreendidos, pela suspeita de serem provenientes de furto ou roubo, e serão submetidos a exames periciais. Um mandado de busca e apreensão foi cumprido, também, no município de Araguaína.

Além das buscas, os policiais civis efetuaram as prisões de uma mulher de inicias M.J.V.S, e de cinco homens de iniciais M.S.S, J.M.S.S, G.R.S, M.S.S, todos autuados em flagrante pelos crimes de posse ilegal de armas de fogo. G.R.S também foi autuado por tráfico de drogas, uma vez que se encontrava de posse dos entorpecentes. M.S.S, alvo da operação, teve cumprido em seu desfavor o mandado de prisão temporária.

A operação contou com apoio e orientação dos delegados Tobias Luiz, de Goiatins, Luiz Eduardo, de Filadélfia, e Romeu Fernandes, de Araguaína, além de auxílio operacional da 1a Delegacia Regional da Polícia Civil (Araguaína), com a cessão de viaturas 4x4, devido a dificuldade de acesso aos locais de cumprimento das respectivas ordens judiciais.

Após os procedimentos legais cabíveis, todos os presos, bem como a drogas, as armas de fogo e os demais materiais apreendidos foram levados até à Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína, para a realização das providências legais cabíveis.

Por: Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Veja Também