Futebol

Jornal francês critica PSG por silêncio em caso Neymar

05/06/2019 14h53 - Atualizado em 06/06/2019 16h07
Foto: Divulgação

O jornal francês "L'Equipe" fez duras críticas ao Paris Saint-Germain por conta do silêncio em relação à acusação de estupro contra Neymar. Até o momento, o clube não se pronunciou de maneira oficial sobre o caso que envolve a principal estrela de seu elenco.

A publicação destaca que, assim que a denúncia da mulher se tornou pública, o pai do jogador recorreu a um programa de TV para dar a sua versão. E que o próprio atacante se defendeu por meio de um vídeo publicado nas redes sociais em que revelara o conteúdo da suposta conversa com a acusadora.

Até o presidente da CBF, Rogério Caboclo, e o técnico da seleção brasileira, Tite, além de companheiros de Neymar se manifestaram. Mas o PSG segue em um "silêncio ensurdecedor", como classifica o "L'Equipe" em seu artigo.

De acordo com a publicação, representantes do clube acompanham o caso, mas decidiram esperar o desenrolar dos acontecimentos para fazer um pronunciamento público.

Ao jornal, Frank Tapiro, representante do departamento de comunicação da Federação Francesa de Futebol (FFF) no título mundial do ano passado, também criticou o PSG:

— Como eles (PSG) demoram a reagir no esporte, não me surpreende que eles não reajam neste caso. Mas, diante de tal crise, você precisa falar para evitar fantasmas. Quando não se comunica, você fala muito. É um silêncio ruidoso. O silêncio às vezes faz muito mais barulho que uma palavra.

Fonte: O Globo 

Veja Também