Dicas para os pais

Confira 5 dicas de segurança para crianças no trânsito

11/06/2019 15h29 - Atualizado em 11/06/2019 15h32
Foto: Antônio Gonçalves/Governo do Tocantins
Tanto condutores de veículos quanto pedestres devem ficar atentos aos cuidados básicos ao atravessar uma faixa de trânsito

Escolinha de trânsito montada pelo Governo em um shopping na Capital foi sucesso entre pais e crianças presentes na ação

Neste final de semana, uma Escolinha de Trânsito montada no Capim Dourado Shopping, em Palmas, pela Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) e Polícia Militar, por meio do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e de Divisas (BPMRED), despertou a curiosidade dos pais e das crianças que passaram pelo local.

Diante do sucesso feito pela ação, listamos abaixo 5 dicas que são necessárias para manter a segurança das crianças no trânsito.

1 – Uso da Cadeirinha

Desde 2008, a Resolução 277 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) está em vigor e obriga o uso da cadeirinha para crianças menores de dez anos de idade em veículos. De acordo com a resolução, até um ano de idade, a criança deverá ser transportada no bebê conforto; de um a quatro anos, na cadeirinha; de quatro a sete anos e meio, no assento de elevação; e a partir dos sete anos e meio até os dez anos (com altura a partir de 1,45 metros) com cinto de segurança no banco de trás do veículo.

Somente a partir dos dez anos é permitido que a criança possa ser transportada no banco dianteiro, sempre com cinto de segurança. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso correto da cadeirinha levou a uma redução de pelo menos 60% nas mortes de crianças no trânsito no Brasil.

Conforme o gerente de Educação para o Trânsito do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO), Alex Machado, a orientação é que os responsáveis pelas crianças sempre comprem produtos certificados pelo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

2 – Faixa de Pedestre

Tanto condutores de veículos quanto pedestres devem ficar atentos aos cuidados básicos ao atravessar uma faixa de trânsito. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), para cruzar uma via, o pedestre deverá tomar cuidados de segurança, levando em consideração a visibilidade, distância e a velocidade dos veículos.

A preferência do pedestre não é absoluta. É necessário ficar atento que quando houver semáforo é ele quem determina quem deverá passar. Quando não houver sinalização (como semáforos ou faixas), o pedestre deverá esperar que os veículos parem para efetuar a travessia com segurança. Quando não houver faixa, é necessário aguardar pelo momento oportuno.

Conforme o gerente de Educação para o Trânsito do Departamento de Trânsito do Tocantins (Detran/TO), as crianças aprendem a partir dos exemplos, por isso, é muito importante que quando os pais estiverem com os filhos na rua sempre aproveitar para alertar sobre olhar para os dois lados e respeitar a faixa de pedestre para atravessar a rua.

De acordo com o CTB, ao conduzir em velocidade inadequada nas proximidades de locais como hospitais e escolas ou onde ocorre uma grande movimentação de pessoas com risco de dano, o condutor também deverá sofrer sanções.

3 – Uso da Bicicleta

Pedalar faz bem tanto para o corpo, quanto para a natureza, já que quem anda de bicicleta não está poluindo o meio ambiente. Para manter a segurança das crianças no trânsito, é necessário que os condutores mantenham distância de pelo menos 1,5 m ao ultrapassar bicicletas.

Também é muito importante que as crianças utilizem equipamentos de segurança como capacete, joelheiras e cotoveleiras, ficando assim mais seguras em caso de quedas. Outros itens que são obrigatórios por lei são a buzina, espelho retrovisor e refletores frontais e traseiros. Lembre-se que ao atravessar na faixa de pedestre é obrigatório que o condutor desça da bicicleta.

 4 – Comportamento dentro do carro

É necessário que os pais fiquem atentos quanto ao comportamento do seu filho dentro do carro. Assim, poderão evitar que a criança coloque mãos e braços para fora da janela do veículo, por exemplo.

Outro item que vale a pena ser destacado é a importância do descarte do lixo. Os pais podem ensinar para os seus filhos que é proibido descartar lixo nas vias públicas. Além de evitar possíveis problemas no trânsito, a atitude também colabora para a ampliação da consciência ambiental.

5 – Atenção quando for sair da garagem

Apesar de ser um dica fora do trânsito, ela envolve veículo e, por isso, foi destacada pelo gerente de Educação para o Trânsito do Detran/TO, Alex Machado. “As garagens merecem atenção redobrada, pois muitas vezes as crianças brincam sem se preocupar. Porém, caso um carro esteja saindo pode atingir a criança e machucá-la gravemente”.

“Assim como em estacionamentos e ruas não movimentadas, podem surgir carros e pelo tamanho das crianças nem sempre os motoristas conseguem perceber em seu campo de visão. Por isso, fique atento”, complementou Alex Machado.

Jesuino Santana Jr./Governo do Tocantins

Veja Também