Em Goiás

Suspeito de matar a mãe é preso após corpo ser achado por cachorra de estimação

12/06/2019 10h22 - Atualizado em 12/06/2019 10h26
Foto: Divulgação

Os policiais civis da Delegacia de Polícia (DP) de Inhumas efetuaram nessa terça-feira (11) a prisão em flagrante de Lindomar Teixeira Alves pelo crime de ocultação de cadáver.

Ele é suspeito de ter matado a própria mãe, Rosália Teixeira Alves, que estava desaparecida há 23 dias. O corpo foi encontrado pela cadela de estimação, em um terreno ao lado da casa onde ela vivia.

Na tarde da última segunda-feira, os familiares da vítima encontraram o corpo em um lote baldio ao lado de sua residência, após ser apontado pela cadela e acionaram a delegacia.

Os investigadores então compareceram ao local e realizaram diligências preliminares, por meio das quais constataram que Lindomar seria o autor do fato.

Assim, efetuaram sua prisão em flagrante pelo crime de ocultação de cadáver, tendo em vista que em relação ao homicídio não havia mais situação de flagrante.

A polícia técnico-científica, a perícia, o IML e o corpo de bombeiros também foram acionados para fazer a retirada do corpo e os exames periciais. Os policiais civis investigavam o desaparecimento da vítima e o autor já figurava como suspeito.

Veja Também