Na Câmara Municipal de Palmas

Diogo Fernandes cobra providências contra altas taxas cartorárias

12/06/2019 15h38 - Atualizado em 12/06/2019 15h43
Foto: Divulgação

Durante sessão ordinária de quarta feira, 12, o vereador Diogo Fernandes cobrou soluções, e solicitou apoio da Câmara para auxiliá-lo em um estudo acerca das altas taxas cartorárias praticadas no Município de Palmas.

Fernandes contou que a empresa Energisa, firmou um convênio com os cartórios, para que eles efetivem os protestos contra os consumidores que tenham atrasado o pagamento de sua fatura, no entanto, a referida empresa não paga nada por isso. Já os consumidores, que enfrentam dificuldades financeiras, pagam caro ao tentarem quitar seus débitos e sair da inadimplência.

“O mais absurdo é que quando o consumidor quer retirar seu nome do protesto no cartório, paga altas taxas. O que o cartório faz para merecer uma taxa tão alta como essa?” questionou Fernandes.

O vereador propôs a realização de audiência pública, com a participação da Assembleia Legislativa do Tocantins, bem como do Tribunal de Justiça, para discutir o assunto, e evitar que os Palmenses sejam extorquidos ao pagarem as taxas aos cartórios de protesto.
 

Veja Também