Maia diz que Previdência foi aprovada por convicção

09/10/2019 09h08 - Atualizado em 09/10/2019 09h09
Foto: Divulgação

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a aprovação do projeto que remaneja R$ 3 bilhões do orçamento para atender a demandas de parlamentares (PLN 18/19). Ele negou que o crédito tenha feito parte da negociação da Reforma da Previdência.

“Eu esclareço que nenhum de nós votou a Previdência por troca de favor nenhum do governo. Votamos por convicção. Foram 379 deputados e só não foram mais porque o PSB fechou questão [contra]”, disse.

Maia afirmou ainda que amanhã deve ser votado o projeto que divide os recursos do leilão do pré-sal. Ele questionou discursos criticando a proposta de divisão de recursos.

“A proposta faz parte também do acordo do pacto federativo e entrega recursos inclusive para estados onde os deputados e governadores votaram contra a reforma. Não há, de nenhum de nós, o interesse de prejudicar Estado B ou Estado Z. O nosso interesse é fazer o Brasil crescer”, disse.

Reportagem - Carol Siqueira
Edição - Ana Chalub

Veja Também