Combate a criminalidade

Homem fica nervoso com presença da polícia e é preso por estupro de vulnerável

08/11/2019 09h49 - Atualizado em 08/11/2019 09h58
Foto: Divulgação

Uma ação de combate à criminalidade deflagrada por policiais civis da 3ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (3ª DHPP), de Gurupi, sob a coordenação do delegado Hélio Domingos de Assis Pereira, resultou na prisão de indivíduo de iniciais D.AR, de 30 anos de idade.

Ele é suspeito pela prática do crime de estupro, e foi capturado, na tarde desta quinta-feira, 7, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, quando se encontravam em uma fazenda na zona rural de Gurupi.

De acordo com o delegado Hélio Domingos, o indivíduo foi localizado enquanto os investigadores da DHPP realizavam diligências, sendo que ao chegar na propriedade rural avistaram D.A.R, o qual estava em atitude suspeita e demonstrou certo nervosismo ao notar a presença dos policiais civis.

Desse modo, os agentes realizaram a abordagem do homem e o conduziram até à Central de Atendimento da Polícia Civil, onde após buscas nos bancos de dados da PC-TO, descobriram que o homem responde a processo tipificado pelo Art. 217 do CPB, e que ainda havia um mandado de prisão em desfavor do mesmo.

Diante das evidências, a autoridade policial deu comprimento a ordem judicial e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, D.A.R foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Peixe.

Por: Rogério de Oliveira / Governo do Tocantins

Veja Também