Em Palmas

Quatro suspeitos de vender cocaína em festas na capital são presos pela Polícia Civil

14/11/2019 09h16 - Atualizado em 14/11/2019 15h52
Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 1ª Divisão de Repressão a Narcóticos – Denarc - prendeu na tarde desta quarta-feira, 13, em Palmas, quatro pessoas, suspeitas de compor uma rede de traficantes especializada em vender cocaína em pontos de festas na Capital.

O grupo foi preso em uma casa na 210 Sul, onde funcionava um ponto de distribuição de entorpecentes.

Foram presos nesta tarde, L. B. K. T, 24 anos; N.H. P. N, 26 anos; T.T. de 39 anos e uma mulher com iniciais de A. T. A de S., de 25 anos. A ação policial foi coordenada pelos delegados Amaury Santos Marinho Júnior e Enio Walcacer.

Na operação foram apreendidas mais de 40 porções de cocaína de alta pureza, avaliadas em R$ 50,00 cada uma, uma barra inteiriça de cocaína de alta pureza avaliada em R$ 15 mil, mais de R$ 1,2 mil em espécie, balança de precisão, insumos para embalagem e multiplicação da droga, notas em moeda estrangeira, uma pistola calibre .40 (uso restrito) com numeração suprimida – 02 carregadores e 19 munições calibre .40.

Segundo o delegado Enio Walcacer, o homem de iniciais L. B. K. T ganhou fama no meio criminoso por sempre ostentar armas de grosso calibre e efetuar cobranças do tráfico de maneira intimidatória e com violência. “Ele utilizava em redes sociais vídeos intimidatórios contra grupos rivais”, afirmou.

Após os procedimentos cabíveis, os três homens serão encaminhados para a Casa de Prisão Provisória de Palmas – CPPP e a mulher para a Unidade Prisional Feminina de Taquaralto. 

Por: Wherbert Araújo/Governo do Tocantins

Veja Também