Em Palmas

Cinthia Ribeiro exonera indicações do vereador Moisemar Marinho após conseguir redução na taxa de esgoto

16/01/2020 16h58 - Atualizado em 16/01/2020 17h01
Foto: Divulgação

Segundo as primeiras informações, a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) estava irritada com aprovação da lei de autoria do vereador Moisemar Marinho

Segundo as primeiras informações, a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) estava irritada com aprovação da lei de autoria do vereador Moisemar Marinho. Foto: Edição JM
Foi publicada no Diário Oficial de Palmas, desta terça-feira (14), a exoneração de servidores comissionados ligados ao vereador governista Moisemar Marinho (PDT). Na lista constam servidores da Secretaria de Saúde, Desenvolvimento Social, Planejamento e Desenvolvimento, Instituto de Previdência Social, Agência de Tecnologia da Informação, Finanças, Agência de Regulação, entre outros.

Segundo as primeiras informações, a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) estava irritada com aprovação da lei de autoria do vereador Moisemar Marinho (PDT), que reduziu a tarifa de esgoto de 80% para 40% do valor da conta de água. O projeto foi aprovado em dezembro por 17 dos 19 vereadores de Palmas.

O texto também isentou da cobrança de esgoto os órgãos públicos, estabelecimentos comerciais, industriais ou afins não alcançados pela rede de esgoto, além daqueles que não têm possibilidade de uso da rede instalada.

O JM Notícia tentou contato com a prefeita Cinthia Ribeiro, mas, ela não retornou. O vereador Moisemar Marinho também não foi localizado para comentar as exonerações.

Veja Também