Internacional 2 x 0 Universidad do Chile

Internacional vence Universidad do Chile e avança na Libertadores

12/02/2020 09h10 - Atualizado em 13/02/2020 09h49
Foto: Divulgação

Forte no ataque, o Internacional garantiu sua classificação para a terceira fase preliminar da Copa Libertadores da América ao bater a Universidad do Chile por 2 a 0 na noite desta terça-feira (11).

O confronto de ida no Chile terminou empatado por 0 a 0.

O duelo de volta foi realizado no Beira-Rio, em Porto Alegre, com 41.864 torcedores presentes.

Boschilia e Marcos Guilherme marcaram os gols da vitória do Internacional.

O Internacional terá pela frente na Libertadores o vencedor do confronto entre Macará da Venezuela e Deportes Tolima da Colômbia. O jogo de volta entre as equipes será realizado às 21h30 desta terça-feira, sendo que os colombianos venceram a partida de ida na casa dos rivais por 1 a 0.

Caso passe por Macará ou Tolima, o Internacional irá encontrar o Grêmio no Grupo E da Copa Libertadores. Será o primeiro confronto entre os rivais gaúchos na competição.

Universidad Católica do Chile e América de Cali da Colômbia fecham o Grupo E da competição.

SEQUÊNCIA DECISIVA
O Internacional entra em uma série de jogos decisivos pelo Campeonato Gaúcho e pela Copa Libertadores.

Neste sábado (15), o Internacional recebe o Grêmio pela semifinal do Primeiro Turno do Campeonato Gaúcho. A partida será decidida em jogo único.

Já no meio da próxima semana, o Colorado irá ter o confronto de ida da terceira fase preliminar da Copa Libertadores, tendo que se deslocar para a Venezuela ou Colômbia.

Caso passe pelo Grêmio, o Internacional decide no dia 23 (domingo) o Primeiro Turno do Campeonato Gaúcho contra Caxias ou Ypiranga.

Encerrando a sequência, entre os dias 25 e 27 de fevereiro, o Colorado terá o jogo de volta da terceira fase preliminar da Libertadores, que será realizado em Porto Alegre.

VITÓRIA PELAS PONTAS
O Internacional teve chance de gol logo no primeiro minuto. Após bola rebatida na área, D’Alessandro emendou de primeira e Campos se esticou para espalmar.

Mas aos 21 minutos, Campos quase entregou um gol ao Internacional. Após chute de fora da área de Guerrero, o goleiro bateu roupa e se recuperou por pouco antes da finalização de Boschilia.

Só que Boschilia não desperdiçou sua chance aos 42 minutos. Após erro na saída de bola de Carrasco, o atacante invadiu a área e finalizou cruzado para balançar as redes.

Guerrero perdeu chance clara de gol aos seis minutos. Edenílson lançou o atacante do campo de defesa, o peruano fintou Campos, mas escorregou na hora da finalização e acabou errando o passe para D’Alessandro na marca do pênalti.

Com domínio do jogo, o Internacional ampliou o marcador aos 30 minutos. Moisés lança a bola do campo de defesa, Guerrero -em posição de impedimento, desiste da jogada, a zaga da Universidad do Chile bobeia e Marcos Guilherme arranca para a linha de fundo, finta a marcação, corta Campos e chuta firme para matar o jogo.

Fonte: Paraná Portal

Veja Também