FISCALIZAÇÃO

Anvisa alerta sobre falsificação de medicamento para hepatite C

21/05/2020 14h32 - Atualizado em 21/05/2020 14h35
Foto: Ilustrativa

A Anvisa alerta profissionais de saúde e pacientes para que fiquem atentos à circulação de uma versão falsificada do medicamento Harvoni, da empresa Gilead Sciences Farmacêutica do Brasil Ltda., indicado para o tratamento da hepatite C crônica (HCC), genótipo 1, em adultos e crianças acima de 12 anos.

Para distinguir o produto falso do original, é necessário ficar alerta para alguns aspectos. De acordo com a Anvisa, a versão original do medicamento Harvoni no Brasil é caracterizada por caixas com rótulo em português, contendo um frasco com 28 comprimidos brancos, revestidos, em forma de diamante e com a gravação da sigla "GSI" em um lado e a numeração "7985" do outro.

Já a versão falsificada identificada no país tem as seguintes características: caixas com o rótulo em alemão, com os números de lotes WMWN, VCKT, VDMZ, 16SFCO2 ou 16UCKT35D5, e comprimidos na cor rosa ou branco.

Caso profissionais de saúde e pacientes identifiquem o produto falsificado, a orientação é não fazer uso do medicamento e notificar imediatamente à Anvisa, por meio dos canais de atendimento, bem como ao Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da Gilead, pelo telefone 0800 771 0744 ou pelo e-mail [email protected]  

Veja Também