Boletim coronavírus

Em Palmas, 56% dos infectados por Covid-19 são mulheres; total chega a 373 diagnósticos positivos

22/05/2020 17h39 - Atualizado em 22/05/2020 17h49
Foto: Divulgação Secom
O Boletim informa que, após 70 dias de monitoramento da doença, Palmas totaliza 4.240 notificações para síndrome gripal (SG), as quais estão incluídos também os casos suspeitos de Covid-19

No Boletim Epidemiológico desta sexta-feira, 22, o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE Palmas Covid-19) traz 18 novos casos da doença na Capital. As informações são referentes à rotina do dia anterior. Com o número, Palmas chega a marca de 373 casos confirmados da doença, sendo 44% homens e 56% mulheres.

A Vigilância Epidemiológica revela que em Palmas há 195 pacientes (52,3%) em isolamento domiciliar, 159 recuperados (42,6%), 15 internados (4%) e quatro que vieram à óbito (1,1%).

O Boletim informa que, após 70 dias de monitoramento da doença, Palmas totaliza 4.240 notificações para síndrome gripal (SG), as quais estão incluídos também os casos suspeitos de Covid-19. Desse total, 1.625 foram descartados. As informações foram atualizadas pelo COE, às 12 horas, desta sexta-feira, 22.

Segundo dados da Vigilância Epidemiológica, 101 pacientes de Palmas realizaram testes nesta quinta-feira, 21. Desse total, 64 testaram negativo e cinco tiveram diagnóstico positivo no Laboratório Central do Tocantins (Lacen). No Laboratório Municipal de Palmas, três casos de Covid-19 foram confirmados e 19 descartados. A rede privada realizou 10 testagens e todas tiveram diagnóstico positivo.

Sobre o total de pacientes internados, o Boletim destaca que do total de 15, dez estão em situação estável em leitos clínicos, sendo sete na rede pública e três na rede privada. Cinco pacientes estão em estado grave e internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), sendo dois na rede pública e três na rede privada. Há 14 pacientes de outras cidades ou estados internados com Covid-19 na Capital, sendo 12 em estado grave, dez internados em UTI/UCI privada e dois na rede pública. Outros dois pacientes encontram-se estáveis em leitos clínicos na rede pública.

A respeito da provável fonte de infecção da doença, o documento mostra que dos 373 casos positivos da Capital, a Vigilância Sanitária informa que 176 pacientes (47,2%) tiveram contato com caso confirmado em Palmas, 19 (5,1%) estiveram em viagem ou contato com caso confirmado em outro município do Tocantins, 20 (5,4%) estão em investigação epidemiológica, seis (1,6%) viajaram para o exterior, 41 (11%) viajaram para outros estados e 111 (29,8%) foram infectados pela doença de forma comunitária.

Apesar da Secretaria Estadual de Saúde (SES) apontar que existem 26 casos confirmados de Covid-19 na Capital nesta sexta-feira, 22, a Vigilância Epidemiológica de Palmas ressalta que dois pacientes são de outros municípios e deixaram de fazer parte da estatística da Capital. Os outros seis casos confirmados restantes são provenientes de exames realizados na rede privada em dias anteriores já anunciados pelo Boletim Epidemiológico da Capital e que somente entraram na contagem de casos do Estado nesta sexta-feira, 22.

Índice de casos

Em relação ao índice de infecção na doença em Palmas, o levantamento mostra que existem 125 casos para cada 100 mil habitantes da Capital, enquanto que o índice do Tocantins é de 140 casos para cada 100 mil habitantes e a média nacional de casos é de 147 para cada 100 mil habitantes.

Cenário nacional

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, até as 20 horas, desta quinta-feira, 21, foram confirmados 310.087 casos de Covid-19 no Brasil. No dia foram registrados 10.087 novos casos de (um aumento de 18.508 em relação ao dia anterior). O Brasil também soma 20.047 óbitos, sendo 1.188 registrados somente nesta quinta, o que aponta a letalidade de 6,5% dos casos confirmados.

Acesse o Boletim

A evolução sobre a pandemia também pode ser acompanhada no site Plantão Coronavírus de Palmas.  

Veja Também