Fluminense 0 x 3 Volta Redonda

Fluminense perde a primeira partida na Taça Rio na volta de Fred

29/06/2020 09h56 - Atualizado em 29/06/2020 10h21
Fotos: Lucas Merçon/FFC

No jogo que marcou o retorno do atacante Fred, a chuva começou a cair assim que a partida começou, neste domingo, no Nilton Santos. Fluminense e Volta Redonda se enfrentaram pela quarta rodada da Taça Rio. O tricolor sentiu o tempo parado e foi vencido por 3 a 0. A expulsão do lateral Egídio, aos 16 minutos do primeiro tempo e a falta de ritmo de jogo não foram superados. Para marcar a discordância com o retorno dos jogos, os jogadores entraram em campo de preto e a camisa de jogo trazia duas homenagens: “Obrigado profissionais da saúde” e “Vidas negras importam”.

Primeiro tempo

Logo aos cinco minutos, o Volta Redonda abriu o placar com Pedrinho. Em contra-ataque, recebeu pela esquerda e finalizou. Aos oito, a primeira chegada perigosa do Fluminense, com Marcos Paulo pela esquerda. Ele achou Evanilson, que foi travado na pequena área, e no rebote Egídio chutou de primeira, por cima do gol. Aos 16, o árbitro Bruno Arleu resolveu expulsar o lateral Egídio, em primeiro cartão aplicado no jogo, após disputa de puxões de camisas, o lateral acabou atingindo o adversário. Aos 20, Muriel fez boa defesa em chute cruzado de Oliveira. Aos 29, nova defesa de Muriel, após chute de fora da área. A bola ainda bateu na trave após o toque do goleiro.

Segundo tempo

Na segunda etapa, Odair retornou com Pacheco e Caio Paulista nos lugares de Yago Felipe e Fred. Aos quatro minutos, o Volta Redonda chegou com chute de Bruno Barra, de longe, para fora. Aos nove, Ganso cobrou o escanteio e Ferraz cabeceou para fora, e aos 14, Pacheco chutou com perigo. Três minutos depois, Orinho triangulou com Hudson e achou Caio Paulista livre, que cabeceou por cima do gol. Na sequência, após cruzamento pela esquerda, Saulo cabeceou e marcou, 2 a 0 Volta Redonda. Aos 21, Caio Paulista chegou pela direita e tocou para Hudson no meio da área. O volante chutou forte para defesa do goleiro Douglas. No rebote, Michel finaliza prensado. Aos 27, Fernando Pacheco finalizou na saída do goleiro Douglas, que faz grande defesa. Aos 30, Michel Araújo arrisca de fora da área, mas erra o alvo.

Aos 44, Saulo deu números finais ao jogo, na saída de Muriel.

Fonte: Fluminense FC

Veja Também