No Estado

Gestores Socioeducativo e Grupo do Sispen-TO alinham parceria para realização de curso Escolta Tática

16/10/2020 14h14 - Atualizado em 16/10/2020 14h25
Foto: Seciju - Divulgação
A ação ocorrerá em novembro nas Unidades de Palmas e em janeiro de 2021 nas Unidades de Gurupi e Araguaína

O curso de Escolta Tática Socioeducativa terá turmas compostas por 25 servidores do Sistema Socioeducativo cada, a fim de atender os servidores de todas as regionais do Estado

Com o foco na capacitação dos servidores do Sistema Socioeducativo, os gestores do Sistema Socioeducativo e do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) do Sistema Penal do Tocantins (Sispen/TO), se reuniram na última quinta-feira, 15, a fim de deliberar as demandas do curso de Escolta Tática Socioeducativa. O curso está previsto para ocorrer em novembro nas Unidades de Palmas e,em janeiro de 2021,nas Unidades de Gurupi e Araguaína.

O superintendente do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança da Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju), Gilberto da Costa Silva,agradeceu a gestão da Pasta pela busca contínua de capacitação aos servidores. “O apoio tem sido muito essencial para concretizarmos essa nova fase de cursos para os servidores, na qual contaremos com a parceira do GIRSispen/TO”, frisou.

De acordo com a gerente da Escola Superior de Formação e Qualificação Profissional do Sistema Socioeducativo, Rute Andrade, o curso está previsto para ocorrer em duas etapas. “Em breve será lançado o edital e a nossa intenção é que sejam 25 vagas para cada turma, sendo duas em Palmas e uma em cada regional, buscando atender a demanda de nossos servidores”, explicou.

Parceria

Para o coordenador do GIR, Cleiton Arantes, a reunião foi uma oportunidade para a troca de experiências e alinhamento para as ações que serão efetivas junto ao público de atendimento do Sistema Socioeducativo. “Foi excelente poder firmar essa parceria, que será bastante importante também para o nosso Grupo. Na reunião alinhamos as melhores estratégias para executar o curso e adaptá-lo à realidade operacional do Sistema Socioeducativo. Que seja o primeiro de muitos”, completou”, completou.

Veja Também