Segunda edição do evento

Arena do Conhecimento traz bons resultados na retomada das atividades do turismo no Tocantins

23/10/2020 17h33 - Atualizado em 23/10/2020 17h40
Foto: Divulgação

Resultados foram apresentados na tarde desta quinta-feira, 22

O Setor do Turismo sofreu grandes impactos com a pandemia, as atividades foram suspensas e os empreendedores amargaram prejuízos. Em meio as incertezas o Sebrae Tocantins apostou no conhecimento, na oferta de orientações e os caminhos para se adequar aos novos tempos e receber os clientes de forma segura e responsável. A dinâmica desse trabalho foi apresentada na tarde desta quinta-feira, 22, na programação da segunda edição do Arena do Conhecimento.

O primeiro passo foi realizar pesquisa, conhecer as necessidades. Foram detectados eixos a ser sanados: marketing, finanças e legislação. Em seguida elaborou-se um projeto de capacitações online para auxiliar a reestruturação dos negócios. Segundo Alex Veras, coordenador Estadual de Turismo do Sebrae Tocantins, cerca de 600 empresas foram atendidas, com alvo na integração das três regiões turísticas do Estado, as Serra Gerais, Taquaruçu e Palmas e o Jalapão, e a criação de novos produtos com experiências diferenciadas aos clientes.

A diretora técnica do Sebrae Tocantins destaca que todo o sucesso e transformação ocorreu pela receptividade dos empreendedores do segmento, que acolheram a formação online e aproveitaram o período para se reestruturar, se reorganizar, implementar os protocolos de segurança junto as equipes, além de oferecer novas experiências aos clientes. “Fantástico chegar hoje e poder ver todo o avanço que tivemos num curto período, a rota turística está adequada, recebendo os clientes como a segurança necessária, com mais atrativos”, analisou.

Palestras

Nesta quinta-feira, além do tema turismo, também a programação abordou o tema “choque de vendas”. O palestrante Andrea Iorio destacou as competências para otimizar as vendas na transformação digital, onde o necessário é conhecer os produtos, serviços, os clientes e as suas necessidades. “A venda digital colocou mais poder na mão do cliente, aliado ao maior acesso à informação e opções de escolha. Só 30% das empresas tem sucesso no processo de transformação digital, porque focam na tecnologia e esquecem o lado humano, a transformação digital não passa só pela tecnologia, é um assunto de pessoas que conseguem acelerar seus negócios com tecnologia”, comentou.

Mayra Gianone, deu dicas importantes de como digitalizar o negócio, uma necessidade acelerada pela pandemia e a evolução no mercado online que cresceu 47% no primeiro semestre, registrando a maior alta dos últimos 20 anos impulsionadas pelo Marketplace, um modelo de negócio que permite a venda de produtos em grandes lojas virtuais. O Arena do Conhecimento termina nesta sexta-feira, 23. O último dia irá explorar o tema “agronegócio no mundo digital”.

(Assessoria de imprensa Sebrae)

Acesse: https://bit.ly/3dQ0Bjt 

Veja Também