Luto: Morre em Palmas o jornalista Anésio Júnior

30/10/2020 15h01 - Atualizado em 30/10/2020 15h37

Luto nos meios de comunicação do Tocantins. Faleceu por volta de meio dia desta sexta-feira, 30, o jornalista Anésio Júnior, aos 63 anos, vítima de complicações em decorrência de fibrose pulmonar.

Ele estava internado desde a soemana passada num hospital particular de Palmas (TO), onde, desde o final de semana permanecia numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Natural de Cromínia, Anésio escrevia recentemente sua coluna no site Em Tempo. No Tocantins foi editor e colunista do jornal Tribuna do Planalto, tendo atuado antes em Goiás em vários veículos como Diário da Manhã e O Popular.

Ele deixa a esposa, a também jornalista Luiza Renovato, filhos e netos. (Fonte: www.agora-to.com.br)

Vários amigos e políticos lamentaram a morte do jornalista. Veja:


Nota de pesar

É com profunda tristeza que o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Tocantins recebe a notícia do falecimento do colega Anésio Júnior, nesta sexta-feira, 30, aos 63 anos, vítima de fibrose pulmonar. O jornalista estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular em Palmas e não resistiu.
Natural de Cromínia-GO, Anésio Júnior atuou como editor-chefe no Jornal Tribuna do Planalto, repórter no Diário da Manhã e no O Popular, entre outros, antes de decidir pela mudança para o Tocantins, onde também esteve na equipe da Secretaria de Comunicação do Estado.
Num ano de tantas perdas, que os corações dos colegas jornalistas, dos amigos e dos familiares sejam confortados nesse momento de tanta dor.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins

Nota de Pesar – Anésio Júnior

Soubemos há pouco do falecimento do grande jornalista Anésio Júnior, na manhã desta sexta-feira,30, em Palmas.
O Anésio contribuiu sobremaneira para a comunicação tocantinense quando chegou ao estado para ser o editor, no Estado, do Tribuna do Planalto, onde contribuiu com muitos artigos opinativos, matérias do cotidiano e do agronegócio ajudando desta forma a projetar a imagem do Tocantins por meio do seu trabalho, em outros estados brasileiro.

Com um olhar apurado e firme em seus posicionamentos, o jornalista sempre ouvia as partes envolvidas em suas reportagens, e conseguia com imparcialidade narrar os acontecimentos com ética e precisão. Características que o tornaram um dos grandes nomes do jornalismo não só do Tocantins, mas também de Goiás, pelos jornais Diário da Manhã e O Popular.

Tivemos o privilégio de conviver com ele mais de perto quando o convidamos a fazer parte da equipe de Comunicação do Governador Marcelo Miranda, e desde então, a nossa admiração só aumentou por Anésio, que nos deixa triste com sua partida.

Com as nossas mais sinceras condolências, registramos o respeito, amor e carinho à sua memória, e rogamos ao amado Deus que esteja ao lado da esposa, filhos e netos neste momento de perda irreparável.

Deputada Federal, Dulce Miranda e Marcelo Miranda

Paty Luz

Quanta dor meu querido amigo, ainda não consigo acreditar que te perdemos. Estou Hospitalizada aqui em Búzios e agora recebo essa notícia de que partiu para os braços do pai. Que ano difícil meu Deus, pessoas boas estão indo embora repentinamente.
Vou sentir imensas saudades dos seus conselhos, das suas brincadeiras... E agora??? quem vai me perguntar se aceito jiló??? Muita dor pela sua partida amigo, muita dor. Obrigado pela sua amizade.E tudo que peço é que Deus ampare a dona Luiza, seus filhos e netos nesse momento tão difícil. 

Veja Também