O que de velho terá o ano novo?

04/01/2021 15h10 - Atualizado em 04/01/2021 15h12

Especialista em marketing de influência e CEO da Tubelab, Fred Furtado, faz análise de como será o primeiro ano do pós-pandemia


O ano novo está batendo à porta e, depois de tantos desafios que 2020 trouxe, uma preocupação que muita gente tem sobre o próximo ano é: o que esperar para 2021?
Desemprego, crise, recessão são algumas das palavras que nos assombraram durante a pandemia, e que ainda causam medo quando olhamos para o futuro. O CEO da Tubelab, empresa especialista em marketing de influência, Fred Furtado, fez uma análise de como foi o ano e o que podemos esperar para o novo ciclo.

“Acredito que em 2021 iremos ter mudanças em todos os setores, tanto econômico, quanto no setor corporativo e claro, no pessoal. Será o primeiro ano da pós-crise provocada pela Covid-19 e muita coisa vai precisar voltar ao eixo”, analisa. “Além disso, tivemos muitos aprendizados, coisas deixaram de ter valor, enquanto outras passaram a ser fundamentais”, afirma.

A maior mudança segundo o especialista é no uso da internet. Com a pandemia, a necessidade de isolamento, o mundo virtual ganhou novas proporções.

“A gente passou a ver a internet como possibilidade de novos negócios, de caminho para o empreendedorismo e de geração de empregos. Para 2021, vai se destacar que souber fazer bom uso dessa ferramenta”, completa. 

Veja Também