No Tocantins

Meio Ambiente atualiza Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas

18/01/2021 12h49 - Atualizado em 18/01/2021 12h51
Foto: Robson Corrêa/Governo do Tocantins
Representantes da Semarh, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militares do Tocantins

A última versão do PPCDQ foi feita em 2015 e necessita de atualizações temporárias que geralmente acontecem a cada 5 anos

Representantes da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militares do Tocantins (CBM-TO) se reuniram na manhã desta segunda-feira, 18, para discutir atualizações do Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas do Estado do Tocantins (PPCDQ).

Dentre as novas linhas de ação do Plano está a inclusão de Instrumentos normativos e econômicos para o controle do desmatamento ilegal. Segundo o Gerente de Recursos Energéticos e Mudanças Climáticas da Semarh, Francis Rinaldi Frigeri, “essa linha vai ao encontro com a gestão do governador Mauro Carlesse, pois ela tem por base fortalecer a gestão ambiental nos municípios e está sob a responsabilidade da SEMARH”, pontuou.

O Plano necessita de atualizações temporárias, geralmente a cada 5 anos, e a inclusão de novas formas de atuação do PPCDQ traz uma avaliação da execução do Plano que teve a última versão elaborada em 2015.

O suporte na elaboração do PPCDQ está sendo realizado pelo consultor Michiel Meijer, que foi contratado com recursos do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), via Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas - Task Force (GCF).

Após a finalização, o PPCDQ ainda tramitará no Conselho Estadual de Meio Ambiente (COEMA), onde poderá sofrer algumas alterações, porém, a ideia é manter um plano objetivo, compacto e de fácil monitoramento de suas metas e indicadores que abranjam, em linhas gerais, as atividades de todos os órgãos executores do PPCDQ no Estado.

Veja Também