Em Palmas

Empregados, comerciantes e empreendedores individuais fazem protesto contra decreto municipal que determina fechamento de estabelecimentos às 20 horas

25/02/2021 17h24 - Atualizado em 26/02/2021 11h21
Foto: Divulgação

Empregados, comerciantes e empreendedores individuais de Palmas realizaram na tarde desta quinta-feira, 25, uma manifestação contra o Decreto Municipal de nº 1996, que determina que estabelecimentos comerciais funcionem das 6h às 20 horas.

Os manifestantes percorreram a avenida JK e se reuniram de frente ao prédio da Prefeitura. 

Em um carro de som, um dos participantes da ação dizia que não é justo apenas o seguimento de bares e restaurantes sofrerem com o decreto e pediu que o horário de funcionamento seja mudado, com abertura ao meio dia e fechamento às 00:00 horas.

Após sairem da Prefeitura, eles se dirigiram até o frente da sede da Câmara Municipal, onde foi recebido pela presidente da Casa, Janad Valcari. 

Ficou agendada para amanhã, sexta-feira, 26,  às 10 horas, uma reunião entre os sindicatos e lideres do movimento  com a presidente da Casa para tratar do assunto. 



Veja Também