Na Assembleia

Prof. Júnior Geo defende vacinação dos internos de medicina no combate à pandemia

06/04/2021 18h46 - Atualizado em 06/04/2021 18h48
Foto: Divulgação

Durante a sessão ordinária desta terça-feira, 6, na Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto), o deputado estadual Professor Júnior Geo (PROS) apresentou um requerimento solicitando a tomada de providências, junto às prefeituras municipais, para que os internos dos cursos de Medicina sejam vacinados prioritariamente e retomem suas atividades nas unidades hospitalares do Estado.

O documento protocolado pelo parlamentar relata que o internato médico foi suspenso pela Secretária de Estado da Saúde (SES) por prazo indeterminado, de acordo com informações que chegaram ao gabinete. A vacinação desses internos, solicitada pelo deputado em caráter de urgência, poderia viabilizar, conforme as normas, o retorno destes às suas atividades para que os estudantes possam auxiliar os profissionais da linha de frente no combate à Covid.

UFT

De acordo com demanda recebida por Geo, boa parte dos estudantes internos do curso de medicina da Universidade Federal do Tocantins (UFT) se formam dentro de poucos meses e eles gostariam de retornar às atividades do internato para completar o processo de formação. O parlamentar se colocou à disposição dos estudantes e propôs diálogo direto com a SES para que encontrem um saída em consonância com a recomendação do Conselho Regional de Medicina (CRM).

“Os internos exercem um importante papel na saúde do nosso estado e, por meio do conhecimento adquirido, querem ajudar a sociedade nesse momento de colapso da saúde pública. Defendo o diálogo constante entre a secretaria e os estudantes para solucionar o quanto antes a necessidade por eles relatada”, destacou o parlamentar, que segue atento à situação.  

Veja Também