Tentativas já ocorreram em 4 municípios

Naturatins alerta para novo golpe que está sendo aplicado em nome do instituto

20/09/2021 13h00 - Atualizado em 20/09/2021 13h07
Foto: Ilustração Sheila Hermínio-Governo do Tocantins
A maior parte das tentativas de golpe foram frustradas e os produtores rurais registraram boletim de ocorrência

Nenhum servidor ou veículo sai do pátio do Órgão sem recurso suficiente; qualquer assistência ou socorro é realizado por órgãos oficiais; ninguém tem autorização para solicitar qualquer tipo de ajuda a particular; qualquer pedido deve ser registrado na delegacia mais próxima imediatamente

O Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) alerta, nesta segunda-feira, 20, que mais uma vez, criminosos estão tentando aplicar golpe, em nome do Instituto. As tentativas de golpe já ocorreram nos municípios de Cristalândia, Pium, Gurupi e Palmas. Neste fim de semana, uma das tentativas teve êxito com uma vítima que atendeu o pedido.

A maior parte das tentativas de golpe foram frustradas e os produtores rurais registraram boletim de ocorrência. De acordo com as informações, o suspeito da tentativa de golpe, convence as vítimas alegando dificuldade financeira do Estado e que está a caminho de uma vistoria, mas que ficou sem combustível e pede ajuda em dinheiro com valores em torno de R$ 850,00.

O Naturatins reforça que nenhum servidor ou veículo sai do pátio do Instituto, sem recurso suficiente para atendimento de demanda; toda e qualquer assistência técnica ou socorro às equipes em campo é oferecida pelos órgãos da administração pública; e nenhum de seus representantes ou servidores tem autorização para solicitar qualquer tipo de colaboração, assistência, auxílio ou ajuda a particular em nome do Instituto.

Todas as medidas cabíveis serão tomadas em busca de localizar, identificar e coibir o responsável pela tentativa de crime. Contudo, o Instituto recomenda que qualquer pedido em nome do Órgão seja recusado e registrado Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima.

O Naturatins e seus servidores repudiam qualquer tentativa de lesar a população e o uso do nome do Instituto em práticas ilícitas.

  

Veja Também