Em Palmas

Prefeitura inaugura Unidade de Pronto Atendimento no Setor Sul

26/10/2021 10h09 - Atualizado em 26/10/2021 10h11
Foto: Raiza Milhomem
Upa Setor Sul

Obra orçada em mais de R$ 1,5 milhão, advindos de recursos próprios, ampliará atendimento à população da Capital

Para possibilitar uma melhor atenção à saúde, a Prefeitura de Palmas inaugurou no final da tarde desta segunda-feira, 25, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Setor Sul, próximo à Avenida Tocantins, em Taquaralto. Com recursos próprios da ordem de R$ 1.543.187,31, a nova UPA foi entregue pela prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro. Acompanhada do secretário municipal de saúde, Thiago de Paulo Marconi, de gestores de outras pastas da Administração, vereadores, servidores da saúde e população em geral, a prefeita falou sobre os desafios impostos pela pandemia da Covid-19 e ressaltou o trabalho de todos, em especial dos servidores da saúde, que “não arredaram o pé” no enfrentamento da Covid-19.

“Agradeço a parceria de cada um de vocês neste que foi um dos momentos mais desafiadores enfrentados pela humanidade”, disse a prefeita Cinthia Ribeiro ao ressaltar os investimentos e ações executadas na saúde municipal no combate à Covid-19. Em sua manifestação, o secretário Thiago Marconi destacou a importância da nova UPA, afirmando que a unidade fortalecerá o atendimento da urgência e emergência que até a presente data era realizado na região apenas pela UPA Sul.

Estrutura

Orçada em R$ 1.543.187,31, sendo R$ 823.425,57 da reforma e ampliação do espaço físico e R$ 719.761,74 da rede de tubulações de gases medicinais e instalação da usina (a ser executada até o final de 2021), a nova unidade teve sua estrutura ampliada e adequada. Recebeu, ainda, sala de raio x, necrotério, repouso para plantonistas, área de ambulância, sala de estabilização, salas de observação, postos de enfermagem, farmácia satélite e almoxarifado.

A construção é um trabalho da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp) e recebeu a setorização das funções de acolhimento, consultas, tratamento, observação e ampliação dos demais setores de apoio dentro do edifício já existente, dentre outras melhorias estruturais.

A nova UPA funcionará das 7 às 19 horas. A estrutura conta com 13 leitos de observação e dois leitos de estabilização. A unidade vai acolher os casos de urgência e emergência, e as demais UPAs, a Sul e a Norte, continuam a atender urgências e emergências.

A Secretaria Municipal da Saúde de Palmas (Semus) informa que o serviço de emergência considera condições que impliquem sofrimento intenso ou risco iminente de morte exigindo, portanto, tratamento médico imediato. Já a urgência é uma condição imprevista com ou sem risco potencial à vida, onde o indivíduo necessita de assistência médica imediata.

Anteriormente, no local, funcionava a Unidade de Saúde da Família (USF) José Hermes Damaso, que foi transferida para um prédio em frente.  

Veja Também