No Tocantins

Júnior Geo diz que rombo no PlanSaúde teria sido evitado se deputados tivessem assinado proposta de CPI

27/10/2021 16h06 - Atualizado em 27/10/2021 16h11
Foto: Divulgação ascom Júnior Geo

No dia 20 de setembro de 2019, o deputado estadual, Professor Júnior Geo (PROS) apresentou requerimento para a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias graves de cobrança de propina de clínicas conveniadas ao PlanSaúde e o descredenciamento do Hospital Oswaldo Cruz, prestador de serviços de leitos hospitalares ao Governo do Tocantins.

“Quando tomei conhecimento dessas denúncias através da imprensa, achei gravíssimas e propus a instalação de CPI, mas não consegui as assinaturas necessárias para a aprovação do requerimento. Na verdade, meu requerimento só teve mesmo a minha assinatura” – lamenta o deputado Professor Júnior Geo.

Confira a matéria na íntegra.


Por Marimar Aiala

Veja Também