No Estado

Região Sul do TO recebeu atendimentos do Orienta Naturatins

12/11/2021 16h59 - Atualizado em 12/11/2021 17h02
Foto: Fernando Alves/Governo do Tocantins
Em Gurupi o Orienta Naturatins atendeu 40 pessoas dentre elas, consultores, produtores e empreendedores

Levando serviços de licenciamento ambiental, o Orienta Naturatins esteve presente nas cidades de Alvorada, Gurupi e Paranã

O Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) esteve nesta semana, nos dias 10, 11 e 12, no sul do estado levando os atendimentos do Orienta Naturatins para as cidades de Alvorada, Gurupi e Paranã. Com o intuito de levar os serviços do Naturatins para mais perto dos tocantinenses e dar mais celeridade aos processos, o Instituto atendeu produtores, agricultores e empreendedores da região sul do estado do Tocantins.

Os atendimentos tiveram o objetivo de esclarecer dúvidas a respeito dos serviços ambientais ofertados pelo Naturatins como, licenciamento ambiental, recursos florestais, outorgas d’água, Cadastro Ambiental Rural (CAR), carteira de pesca, além de terem oferecido serviços de protocolo e jurídico durante os eventos.

Para o vice-presidente do Naturatins, Rafael Felipe, o Orienta Naturatins tem o objetivo de aproximar o Instituto ao usuário final dos serviços do Órgão, de acordo com ele, “o Orienta é um projeto muito bacana que a gente vem desenvolvendo de município em município levando serviços e levando os gerentes e os diretores do Naturatins até a ponta, para ter o contato direto com o usuário de serviço. Além dos servidores do Instituto poderem ver a realidade de quem está na ponta”. O vice-presidente ainda destacou que a ação faz parte da missão do Naturatins, “A gente primeiro faz a nossa missão de ensinar e orientar, para depois a gente poder cobrar por meio da fiscalização”, concluiu o vice-presidente.

Alvorada

A cidade de Alvorada recebeu o Orienta Naturatins na última terça-feira, 9, realizando atendimentos pelo período da manhã, na câmara municipal da cidade e o serviço que mais foi procurado no município foi a licença de pesca.

O advogado Juarez Pimentel, que foi atendido na cidade de alvorada, além de ter elogiado o atendimento da equipe do Naturatins, destacou a importância de os produtores buscarem a regulamentação pensando no meio ambiente. Segundo o advogado, “Fui bem atendido e saio satisfeito. Nós precisamos regulamentar a situação nossa com o ecossistema, que está cada dia mais complicado e nós não sabemos administrar e como conservar. Então nós temos que regulamentar e regularizar realmente de fato e de direito. Isso é essencial”.

Gurupi

O Orienta Naturatins também esteve em Gurupi, onde realizou atendimentos pela manhã e pela tarde da quarta-feira, 10. Os atendimentos ocorreram no Instituto de Assistência aos Servidores de Gurupi – IPASGU, e ao total 40 pessoas foram atendidas no município, dentre elas, consultores, produtores e empreendedores.

Para o engenheiro florestal, Fabiano Fernandes, que é consultor na empresa Agromais, o Orienta foi importante para facilitar os encaminhamentos dos processos junto ao órgão. De acordo com o consultor, “facilita o entendimento sobre os processos, facilita o atendimento do analista junto a cada processo e, de certa forma também, a agilidade do próprio processo”. Para o consultor, a ação também aproxima o Naturatins aos usuários, “a ação também facilita o acesso do próprio produtor rural e empreendedor à equipe do Naturatins, aos diretores. E essa aproximação do produtor, do proprietário dos imóveis rurais e empreendedores e também junto com os analista e diretores do Naturatins é importante para o andamento do próprio órgão. Então facilita o trabalho de todos os envolvidos nos processos de licenciamento e de autorização de explorações florestais”, destacou o consultor.

Já Fabiane Maciel, engenheira ambiental na empresa Pro Terra, destacou a eficiência dos atendimentos do Orienta Naturatins, segundo ela, “Deu para gente resolver muitas coisas que estavam pendentes pois estavam os analistas de todos os setores no mesmo local, assim deu para gente resolver em pouquíssimo tempo. Então essa ação é muito importante porque ela faz com que a gente tenha um acesso melhor ao Naturatins e também consiga resolver de forma menos burocrática. A gente não precisa ir lá em Palmas para poder resolver alguma coisa que talvez seja rápido resolver aqui”.

Paranã

Já na quinta-feira, 11, o Orienta esteve no município de Paranã, onde realizou os atendimentos pelo período da manhã na Câmara de Vereadores, onde pôde tirar dúvidas, principalmente sobre as questões voltadas aos pequenos produtores e agricultores familiares.

O vereador do município, Adeliar Teles de Farias, esteve presente na ação e foi atendido pela equipe do Naturatins, representando os agricultores familiares da região. De acordo com o vereador, “A gente tem mais de 100 produtores rurais de agricultura familiar que querem obter o licenciamento e pude trazer as dúvidas que eles tinham sobre outorga e licenciamento ambiental. Então essa ação foi muito importante para o nosso município de Paranã”.

Já para o agropecuarista Paulo Nascimento de Souza, o Orienta pode sanar as suas dúvidas voltadas principalmente com a legislação florestal, de acordo com ele, “Para o município de Paranã é muito importante essa orientação para não causar mal-estar e incomodo nas demandas de outorga, desmatamento, de queima e distância da largura do rio que tem que ficar preservado. Então, meu atendimento foi muito bom, o pessoal do Naturatins me orientou bem, me deu uma planilha que precisava para a gente trabalhar realmente dentro da legislação”.

O Orienta Naturatins agora seguirá para os municípios de Natividade, Arraias e Taguatinga nos dias 23, 24 e 25 de novembro, respectivamente, encerrando as suas atividades no ano de 2021.

Veja Também