Mais uma!

Messi supera Lewandowski e conquista a sétima Bola de Ouro da carreira

30/11/2021 10h47 - Atualizado em 30/11/2021 10h51
Foto: FRANCK FIFE / AFP
Messi conquistou sua sétima Bola de Ouro

Craque argentino, hoje no PSG, havia sido o último vencedor do prêmio em 2019

O Rei manteve a sua coroa: Lionel Messi é o vencedor da Bola de Ouro. O craque argentino do Paris Saint-Germain recebeu o prêmio nesta segunda-feira, em Paris, pela sétima vez em sua carreira, e superou a concorrência de jogadores como Robert Lewandowski e Jorginho, que fecharam o 'pódio'.

Após vencer o prêmio em 2019, Lionel Messi faturou a sétima Bola de Ouro da carreira e a segunda seguida, pois não houve premiação em 2020 por conta da pandemia de Covid-19. Já considerado o melhor jogador da história do futebol por muitos, o argentino colocou mais um peso nos argumentos.

Em seus primeiros meses fora do Barcelona, o argentino conseguiu manter a vitoriosa carreira. No Paris Saint-Germain, Messi ainda teve pouco tempo para mostrar o seu brilho, mas vence pelos seus méritos na temporada 2020/2021 na equipe espanhola.

O grande momento de Messi em 2021, porém, foi o título da Copa América, vencida pela Argentina por 1 a 0 contra o Brasil. A conquista da competição encerrou um jejum de 28 anos sem glórias por parte dos 'hermanos', consagrando 'La Pulga' no país. O Bola de Ouro foi o craque do torneio, marcando quatro gols e com cinco assistências em sete jogos. Inclusive, o próprio craque admitiu isso e dividiu os méritos do prêmio com seus companheiros de seleção.

– Muitas vezes ganhei esse prêmio e tinha a sensação de que algo faltava, mas esse ano foi diferente. Eu consegui o sonho que eu tanto queria, depois de ter tropeçado tantas vezes, escorregado na hora H, e muito desse prêmio vem do que fizemos na Copa América, e quero dividir esse prêmio com meus colegas de seleção - afirmou Messi.

Na temporada 2020/2021, Messi somou 38 gols e 14 assistências em 47 jogos pelo Barcelona. Pelo Paris Saint-Germain, na temporada atual, foram quatro gols e três assistências em onze jogos para o melhor jogador do mundo.

 É incrível voltar a estar aqui. Dois anos atrás, eu acreditava que eram os meus últimos anos, eu não sabia o que teria pela frente, e aqui estou eu novamente. Muitas vezes me perguntavam quando eu ia me aposentar, mas estou aqui novamente, aqui em Paris, estou muito feliz de estar nesse palco. Sou alguém que vai continuar lutando, quero novos desafios. Eu não sei quanto mais tenho pela frente, mas espero que muito, porque eu amo jogar futebol - disse Messi.

Em seu discurso, Messi também dirigiu suas palavras ao segundo melhor jogador do mundo, Robert Lewandowski, do Bayern. O argentino disse que o seu 'adversário' merece a Bola de Ouro de 2020.

- Robert (Lewandowski), você merece seu Ballon D'Or. No ano passado, todos concordaram em dizer que você foi o grande vencedor desse prêmio - disse o melhor jogador do mundo.

Confira como ficou o Top-10 da premiação:

1 - Messi (ARG)
2 - Lewandowski (POL)
3 - Jorginho (ITA)
4 - Benzema (FRA)
5 - Kanté (FRA)
6 - Cristiano Ronaldo (POR)
7 - Salah (EGI)
8 - De Bruyne (BEL)
9 - Mbappé (FRA)
10 - Donnarumma (ITA)
 
Fonte: Lance

Veja Também