É piada ou não?

Seturb requer tarifa de R$ 7,60 para o transporte coletivo de Palmas; reajuste de quase 70%

25/01/2022 15h07 - Atualizado em 26/01/2022 16h28
Foto: O Coletivo
Contrato de concessão com as empresas expiram no mês de abril deste ano

Contrato de concessão dos serviços com as empresas expiram no mês de abril deste ano



É isso mesmo! R$ 7,60, esse é o valor que o Seturb (Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Palmas) solicitou através de requerimento protocolado no final do mês de dezembro de 2021, endereçado a Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana e para o CMAMTT (Conselho Municipal de Acessibilidade , Mobilidade, Trânsito e Transportes. Um reajuste de quase 77%.

Atualmente, a tarifa fixada com data retroativa do mês de junho de 2021 é R$ 4,27, e os usuários pagam R$ 3,85, isto porque, a prefeitura de Palmas está bancando R$ 0,42 por passagem em forma de subsídio, que segunda ela, foi para manter o equilíbrio econômico-financeiro do contrato e garantir reajuste salarial de trabalhadores das empresas.

Para requerer o aumento da passagem para R$ 7,60, o Sindicato cita como principais argumentos:

- Queda de 50,30% no número de passageiros transportados por mês;

- Aumento acumulado de 58,57% no preço do litro do óleo Diesel;

- Reajuste dos salários dos funcionários do transporte coletivo urbano de 21,28%, já previstos no cálculo tarifário apresentado o percentual de 10,04% para o ano de 2022.

No mesmo requerimento, o Seturb ainda aponta possíveis cenários, com o recuo da pandemia e a volta da normalidade nas atividades comerciais, industriais e órgãos públicos e que os estudantes só voltarão a normalidade a partir do próximo dia 31.

Desta forma, o Sindicato propôs a prefeitura mais quatros valores de tarifas, dependendo do número de passageiros e de quilometragem rodada, todas no valor de R$ 4,50, mais subsídios pelo município. Veja as propostas:


Cenário um : Tarifa de remuneração R$ 7,60
   
   -  Usuário pagaria R$ R$ 4,50

   - Prefeitura pagaria R$ R$ 2,68 mais os R$ 0,42 que já paga, totalizando R$ R$ 3,10 de subsídio. O Total no ano de subsídio seria de R$ 1.972.348,68

Cenário dois: Tarifa de remuneração R$ 6,50

- Usuário pagaria R$ R$ 4,50

- Prefeitura pagaria R$ R$ 2,00

- O Total no ano de subsídio seria de R$ 1.847.450,00

Cenário três: Tarifa de remuneração R$ 6,17

- Usuário pagaria R$ R$ 4,50

- Prefeitura pagaria R$ R$ 1,67

- O Total no ano de subsídio seria de R$ 1.671.801,93

Cenário quatro: Tarifa de remuneração R$ 5,89

- Usuário pagaria R$ R$ 4,50

- Prefeitura pagaria R$ R$ 1,39

- O Total no ano de subsídio seria de R$ 1.499.023,26


Concessão dos serviços

Todo mundo sabe que o contrato de concessão do transporte coletivo de Palmas vence no próximo mês de abril deste ano que não vai poder ser mais prorrogado.

E a prefeitura de Palmas, já passou da hora de lançar a licitação para a concessão desses serviços. Estranho o Seturb reivindicar nova tarifa, sabendo que o contrato está se expirando.







 

Veja Também