Na Assembleia

Prof. Júnior Geo pede empenho na vacinação de assistentes sociais, policiais e educadores

15/04/2021 17h24 - Atualizado em 15/04/2021 17h29
Foto: Divulgação Ascom Prof. Júnior Geo

Desde o início do processo de imunização, o deputado estadual Professor Júnior Geo (PROS) tem acompanhado com atenção o andamento da fila de vacinação. Recentemente, ele solicitou na Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins (Aleto) por meio de requerimentos, empenho na vacinação dos assistentes sociais, das forças policiais e de trabalhadores da educação, tendo em vista que estes compõem o grupo prioritário do plano estadual de imunização.

Ainda que o Estado tenha iniciado a vacinação dessas diferentes categorias profissionais, o deputado defende que se intensifiquem os esforços, pois beneficiará não só os trabalhadores, mas a população em geral. O Tocantins registrou 150 mil contaminações por Covid-19 e mais de 2 mil óbitos desde o início da pandemia, com maioria das mortes ocorridas nas últimas semanas.

“Queremos garantir a eficácia em todo o processo de vacinação desses grupos dada a importância de suas atividades de atuação para a sociedade. Muitos possuem comorbidades e estão constantemente expostos, o que requer esforços conjuntos para o bom andamento da fila. Temos também a intenção de cooperar para que a vacina alcance toda a população do nosso estado o mais rápido possível”, destaca o parlamentar.

Fila de vacinação

Geo chegou a apresentar um Projeto de Lei (PL) que busca coibir quem “furar a fila” no Estado, prevendo multas de até 10 salários mínimos e perda de cargo para o infrator e agente público que for responsável pela aplicação da dose. Também pediu celeridade aos órgãos estaduais competentes para que seja criada uma Força Tarefa estadual de auxílio aos municípios com estrutura, apoio de logística e segurança que garanta a imunização da população tocantinense. 

Por Guilherme Paganotto

Veja Também