Em Dueré

Polícia Civil indicia principal suspeito de matar homem a facadas em bar

20/04/2021 13h31 - Atualizado em 20/04/2021 13h39
Foto - Dennis Tavares - SSP -TO
Homem foi identificado e indiciado em virtude das investigações da Polícia Civil

Crime ocorreu em um bar da cidade quando a vítima foi atingida por uma facada no coração.

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da 83ª Delegacia da cidade de Dueré e com o apoio da 7ª Delegacia Regional de Gurupi, concluiu nesta terça-feira, 20, as investigações sobre um crime de homicídio ocorrido em Dueré no dia 16 de fevereiro de 2020, que vitimou um homem de 19 anos de idade. Na oportunidade, um indivíduo de 34 anos de idade foi apontado como autor do crime e indiciado por homicídio qualificado.

De acordo com o delegado titular da 7ª Delegacia Regional de Gurupi, Joadelson Rodrigues Albuquerque, após diligências investigativas, as equipes de investigadores da 83ª DP, em trabalho conjunto com os agentes da 7ª DRPC, conseguiram esclarecer toda a dinâmica dos fatos e chegar até o principal suspeito pelo crime, que, inclusive, confessou ser o autor do homicídio.

Com o aprofundamento das investigações, a Polícia Civil também conseguiu apreender em poder do suspeito, a faca que ele havia utilizado para cometer o crime e que ele ainda mantinha mesmo, após ser apontado como o autor do homicídio.

Desse modo, o inquérito policial foi encerrado e agora será enviado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público para a realização das providências legais cabíveis. “Trata-se de um crime bárbaro e sem motivação, uma vez que a vítima morreu completamente de graça e sem defesa, simplesmente porque foi até um bar de Dueré para tomar uma dose de aguardente e teve sua vida interrompida violentamente, de forma brutal”, frisa o delegado Joadelson.

A autoridade policial ressalta ainda que com a elucidação do crime, a Polícia Civil dá uma resposta satisfatória à população de Dueré, que ficou assustada com a futilidade do ato e confiava nas investigações da PC-TO para esclarecer a dinâmica do ocorrido e identificar o autor do homicídio.

O crime

De acordo com o apurado pela Polícia Civil durante as investigações, no dia dos fatos, quatro indivíduos estavam ingerindo bebida alcoólica em um bar na cidade de Dueré, quando um dos homens se sentiu intimidado pelos outros três e saiu do local. Ocorre que no caminho para casa, esse indivíduo passou na casa de um amigo, de 19 anos e contou o ocorrido dizendo que alguns indivíduos no bar queriam lhe bater e, com medo, ele havia deixado o estabelecimento.

Diante do relato, a vítima que ouviu a conversa decidiu ir para o bar, acompanhado do amigo a fim de verificar a situação. Ao chegar ao local, a vítima, Marcos Antônio Lino dos Santos, pediu uma dose de pinga e bebeu. Momentos depois, o suspeito o chamou pelo seu apelido, momento em que Marcos Antônio se virou e foi atacado por um golpe de faca que atingiu seu coração, causando sua morte de forma instantânea. Em seguida, o autor fugiu do local e se apresentou três dias depois na sede da Delegacia de Dueré, onde confessou o crime, mas alegou que agiu em legítima defesa.

Veja Também