Operação "Snaker Launcher"

Polícia Civil do Tocantins desmonta esquema de transporte clandestino no Aeroporto de Palmas

30/04/2021 11h18 - Atualizado em 30/04/2021 13h48
Foto: Divulgação Polícia Civil

Foi verificada a existência de uma espécie de associação clandestina denominada “Lançadores” que fazia o transporte de quem chegava de viagem na Capital

Na madrugada desta sexta-feira, 30, a Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA - Palmas), deflagrou a operação "Snaker Launcher", em combate ao transporte ilegal de passageiros que estava acontecendo com frequência no Aeroporto de Palmas. Durante a operação foram abordados, identificados e intimados 15 suspeitos da prática da contravenção de Transporte Clandestino. Além disso, foram aplicadas 15 multas de trânsito e apreendidos oito veículos que eram usados nos transportes clandestinos.

O delegado titular da DERFRVA – Palmas, Rossílio Corrêa, e o delegado adjunto, Anderson Casé, explicaram que, através de trabalho de campo, foi possível verificar a existência de uma espécie de associação clandestina, que se denomina "Lançadores", fazendo o transporte de passageiros. Esses motoristas ofereciam os serviços de transporte aos passageiros que chegavam de viagem na cidade de Palmas, desrespeitando a legislação que regulamenta o serviço a ser prestado no local, em detrimento de motoristas que possuem autorização para realização da atividade.

A operação contou com o apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), da 3ª Delegacia de Polícia (Palmas), do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO) e da Agência de Trânsito, Transporte e Mobilidade de Palmas (ATTM).

Veja Também