Devido a lesão

Daniel Alves é cortado da seleção e Tite chama lateral-direito Emerson

25/05/2021 14h55 - Atualizado em 25/05/2021 14h56
Foto: FERNANDO BIZERRA JR./EFE
Daniel Alves se contundiu no primeiro jogo da decisão

Jogador foi desconvocado devido a uma lesão no joelho direito e à impossibilidade de se recuperar para jogos das Eliminatórias

A comissão técnica da seleção brasileira definiu nesta terça-feira a convocação do lateral-direito Emerson. Ele atuou pelo Betis, da Espanha, na última temporada e estava na lista da equipe olímpica divulgada pelo treinador André Jardine para jogos de preparação para os Jogos de Tóquio-2020.

Emerson foi chamado pelo técnico Tite para a vaga de Daniel Alves, do São Paulo, desconvocado devido a uma lesão no joelho direito e a impossibilidade de se recuperar a tempo para o período de treinos e jogos contra Equador e Paraguai, em junho, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar.

A seleção brasileira inicia a sua preparação a partir desta quarta-feira com a chegada da comissão técnica e jogadores vindos da Europa. Os convocados que atuam no Brasil e os finalistas da Liga dos Campeões da Europa (o goleiro Ederson e o centroavante Gabriel Jesus, do Manchester City, e o zagueiro Thiago Silva, do Chelsea) se apresentam a partir da próxima segunda.

Equador e Paraguai serão os adversários do Brasil nas próximas duas rodadas das Eliminatórias. No estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, a seleção recebe o Equador às 21h30 do dia 4 de junho. No dia 8, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, o rival será o Paraguai a partir das 21h30 (de Brasília).

Fonte: Esportes r7


Veja Também