No Tocantins

Após atear fogo em uma vegetação seca, mulher é salva de incêndio pela PM em Campos Lindos

09/06/2021 16h02 - Atualizado em 09/06/2021 16h09
Foto: Polícia Militar
Mulher é resgatada de incêndio em Campos Lindos

Os policiais militares em tela, visualizaram a mulher dentro da construção em meio às chamas e muita fumaça e, de imediato, adentraram no local para o resgate

A Polícia Militar salvou, na tarde desta terça-feira, 8, na Avenida Amazonas, próximo à Unidade Básica de Saúde - UBS - em Campos Lindos, uma mulher de 50 anos, de um incêndio em uma construção abandonada, onde havia uma vegetação densa e seca.

A equipe de policiais foi acionada, via telefone funcional, por populares informando que a vítima havia adentrado na construção abandonada e teria ateado fogo na vegetação seca do local. Ao chegar no endereço informado, a guarnição composta pelo 2º sargento Wanderson dos Santos Leandro e pelo 3º sargento Welisson Borges Moura foram informados por uma testemunha que a mulher apresentava distúrbio mental e que ela teria ateado fogo na construção dizendo que queria morrer e que para ela, a vida não fazia mais sentido.

Os policiais militares em tela, visualizaram a mulher dentro da construção em meio às chamas e muita fumaça e, de imediato, adentraram no local para o resgate. Após a ação, um dos policiais precisou ser atendido na Unidade de Saúde por ter inalado a fumaça tóxica e a vítima resgatada foi conduzida ao hospital localizado na cidade de Balsas-MA onde foi medicada.

A testemunha, um homem de 40 anos, afirmou: “Quando cheguei no local, avistei a senhora dentro do incêndio com bastante fumaça preta e fogo, em seguida vi os dois policiais entrarem correndo dentro da construção em meio ao fogo e salvaram a senhora que é conhecida aqui em Campos Lindos e tem problemas mental". Completou: "Se não fosse a ação rápida dos policiais poderia ter acontecido o pior, pois era um incêndio de grande proporção”.

“Ações como esta demonstra que a Polícia Militar é preparada para servir o cidadão, mesmo em situações atípicas, com o objetivo maior de proteger a vida e garantir a segurança de todos”, afirmou o tenente-coronel Valdeonne Dias da Silva, Comandante do 2º BPM.

Veja Também