No Tocantins

Lei de Araguaína isenta doadores de sangue ou de medula óssea de taxa de inscrição em concurso público

22/07/2021 16h39 - Atualizado em 22/07/2021 16h41
Foto: Marcos Sandes/Ascom
Qualquer pessoa entre 16 e 69 anos de idade, com mais de 50 quilos e que esteja saudável, pode ser um doador de sangue

Para se enquadrar no benefício, o candidato deverá comprovar ser doador de sangue há pelo menos 12 meses da data do início das inscrições do certame e há 18 meses no caso de doação de medula óssea

Em Araguaína, a Lei Municipal nº 3.150, vigente desde maio do ano passado, isenta os doadores de sangue ou de medula óssea da taxa de inscrição nos concursos públicos municipais. O benefício se aplica para os concursos públicos com cargo efetivo ou empregos públicos em órgãos ou entidades da administração pública direta ou indireta dos poderes Executivo e Legislativo.

Para se enquadrar no benefício de isenção, o candidato deverá comprovar ser doador de sangue há pelo menos 12 meses da data do início das inscrições do concurso e há 18 meses no caso de doação de medula óssea.

As informações sobre a isenção da taxa devem constar no edital do concurso e as penalidades no caso da pessoa que apresentar informações falsas.

Importância da lei

A gerente técnica do Hemocentro de Araguaína, Iara Bucar, fala sobre o quanto as doações de sangue são importantes e que a lei municipal pode incentivar o aumento no número de doadores e com o abastecimento da unidade.

“A doação de sangue é um ato nobre e altruísta, essa lei municipal é um incentivo para a população doar. Desde o início da pandemia, a unidade tem sofrido para manter os estoques de sangue, por isso, essas doações são muito importantes, lembrando que o Hemocentro de Araguaína é regional e abastece as unidades da região macro norte, sendo de Guaraí ao bico do papagaio”.

HMA precisa de sangue

Nesta última semana, o baixo estoque de bolsas de sangue causou preocupação para o HMA (Hospital Municipal de Araguaína). As doações são essenciais para a continuidade de cirurgias emergenciais e eletivas que são realizadas em crianças na unidade.

"O sangue é algo insubstituível e que é algo fundamental para procedimentos e cirurgias, por isso quero fazer um convite: Venha junto conosco salvar vidas, procure o Hemocentro de Araguaína e doe sangue. Doar sangue é um gesto de amor!”, afirma o gerente de enfermagem do ISAC (Instituto Saúde e Cidadania), Adriano Rocha.

Quem pode doar sangue?

Qualquer pessoa entre os 16 e os 69 anos com mais de 50 quilos, que esteja saudável e não tenha sido submetido a cirurgias ou procedimentos invasivos recentes pode doar sangue. Pessoas que foram diagnosticadas com a covid-19, precisam esperar 30 dias para doar. No caso de quem tomou a vacina contra a doença, deve esperar sete dias para realizar a doação.

Em caso de dúvidas ou agendamento, a população pode ligar no Hemocentro de Araguaína: (63) 3411-2915. O horário de atendimento é de segunda à sexta-feira, das 7 às 19 horas, e aos sábados, das 7 às 13 horas. A unidade fica localizada na Rua Treze de Maio, nº 1.336, no Centro. 

Veja Também