Obra de ser entregue em até 25 dias

Governo do Tocantins inicia obra de ciclovia alternativa que liga Palmas a Taquaruçu

23/07/2021 13h10 - Atualizado em 23/07/2021 13h25
Foto: Erica Lima/Governo do Tocantins
Juliana Passarin destaca importância da nova estrutura para a cidade

  Obra está prevista para ser entregue em até 25 dias

Na manhã desta sexta-feira, 23, o Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Obras (Ageto), deu início às obras de construção da ciclovia Off Road, que liga Palmas à Taquaruçu. Essa rota alternativa, localizada na TO-020 e terá 9 quilômetros, dando segurança para os ciclistas.

Estiveram presentes no evento o vice-governador, Wanderlei Barbosa, a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto Juliana Passarin, os deputados estaduais Cláudia Lelis e Léo Barbosa o presidente da Federação Tocantinense de Ciclismo, Diogo Freitas.

As obras serão realizadas pela equipe da Ageto e além deste feito, o Governo do Tocantins já iniciou a licitação para a iluminação do trecho do centro de Palmas a Taquaralto e da ciclovia no percurso de Taquaralto a Taquaruçu. A secretária Juliana Passarin ressalta que outra obra também já é realidade para os ciclistas, a da Avenida NS-15. “Ela contempla 15 km, tendo em todo seu percurso, tanto uma ciclovia iluminada quanto uma calçada para os pedestres”, afirma a gestora.

O vice-governador, Wanderlei Barbosa, destacou que o valor dessa obra é muito mais do que material, significa segurança e qualidade de vida para os ciclistas. Ele pontuou que o Governo quer fazer as devidas adequações para dar seguridade aos tocantinenses. “Nós precisamos de um espaço específico para a prática do ciclismo e para que esses atletas andem de maneira segura”, afirmou.

Diogo Freitas, presidente da Federação Tocantinense de Ciclismo, agradeceu ao Governo do Tocantins e relembrou que não só a ciclovia Off Road, mas todas as outras obras que estão sendo feitas, são importantes para a segurança dos ciclistas.

 Sérgio Henrique, praticante do ciclismo há mais de 20 anos, destacou outro ponto importante, que além de dar segurança, a ciclovia irá fomentar a economia dos distritos. “A gente pedala muito por aí, e Taquaruçu virou um ponto de parada para reabastecermos.”

A ciclovia alternativa e ecológica que liga Palmas a Taquaruçu está prevista para ser entregue em até 25 dias.

Veja Também