No Tocantins

Três homens são presos pela PM após agressões contra mulheres em Porto Nacional

30/08/2021 18h50 - Atualizado em 30/08/2021 19h06
Foto: Ascom 5º BPM

As prisões ocorreram em ocorrências distintas e todos os detidos foram autuados em flagrante

No último fim de semana entre os dias 28 a 30 de agosto, nos setores Vila Operária, Parque da Liberdade e Vila Nova, na cidade de Porto Nacional, a Polícia Militar prendeu três indivíduos em ocorrências distintas, em decorrência de crime contra a mulher– Lei Maria da Penha.

Policiais Militares do 5º Batalhão de Polícia Militar foram acionados no setor Vila Nova, após a vítima, mulher 36 anos, sofrer agressões por parte do autor, homem 36 anos. A vítima relatou que o mesmo havia chegado em casa por volta de 9 horas e que após desentendimentos com o autor, este lhe agrediu com socos na cabeça, além de atear fogo em suas peças de roupas. Fato que foi constatado pela equipe, que ao chegar ao local encontrou o autor ao lado das peças queimadas. O autor foi preso em flagrante e conduzido para Delegacia onde foi lavrado um auto de prisão em flagrante contra o mesmo.

No setor parque da Liberdade, a prisão ocorreu na madrugada de segunda-feira, 30, após o autor, homem de 37 anos, descumprir medida protetiva, em favor da vítima, mulher de 34 anos. Segundo a vítima, o autor desconsiderou a restrição judicial e adentrou em sua residência sem a sua permissão. A equipe policial conduziu os envolvidos para Delegacia onde foi lavrado um auto de prisão em flagrante contra o mesmo.

Já a prisão no setor Vila Operária, também na madrugada de segunda-feira 30, deu-se após a vítima, mulher de 42 anos, acionar a PM depois de ser agredida pelo autor 27 anos. Segundo relatos da vítima, após fazer uso de drogas, ele começou a lhe agredir com chutes e mordidas, além de ameaçar enforcá-la com o fio de telefone. Após as agressões seu esposo teria evadido do local e levado consigo o aparelho celular da vítima. A PM conduziu a vítima para Delegacia para registro dos fatos e durante os procedimentos. Logo mais, após informações sobre o paradeiro do autor, iniciou uma diligência que resultou na prisão do autor. 

Veja Também