Em Araguaína

Delegacia de Repressão a Roubos apreende menor suspeito de participar de roubo a mercado

31/08/2021 18h42 - Atualizado em 31/08/2021 18h55
Foto: DICOM SSP TO
Crime foi praticado em plena luz do dia em Araguaína

Crime ocorreu na tarde da última segunda-feira, no setor São João

Investigações conduzidas pela equipe da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR), de Araguaína resultaram na identificação e apreensão de um adolescente de 17 anos, o qual é suspeito de participar de um roubo à mão armada, ocorrido em um mercado no Setor São João, na última segunda-feira, 30.

Comandada pelo delegado Breno Eduardo Campos Alves, a captura do menor de idade foi realizada menos de 24 horas depois da prática do crime, quando os agentes da DRR, após intenso trabalho investigativo, identificaram e efetuaram a captura do menor que estava em uma residência no Setor Santa Terezinha.

De acordo com o delegado Breno Alves, logo após tomar conhecimento do crime, as equipes da DRR passaram a investigar e diligenciar no sentido de identificar os dois suspeitos de participar do crime, que ocorreu na segunda-feira. “Sem qualquer tipo de pudor, os indivíduos chegaram ao mercado e inicialmente se passaram por clientes, inclusive separando mercadorias para levar”, disse a autoridade policial.

Porém, quando os produtos estavam sendo totalizados no caixa, um dos indivíduos tirou uma arma da cintura e anunciou o roubo. Na ocasião, eles renderam clientes e funcionários e subtraíram pertences, tais como, mercadorias, dinheiro e aparelhos celulares. Durante o crime, eles também roubaram bolsas de clientes e uma motocicleta de um homem que chegava ao estabelecimento comercial.

Segundo apontaram as investigações da DRR, ao saber que sua imagem estava circulando pelas redes sociais, o adolescente queimou as roupas que usava durante o crime, a fim de não ser identificado e também dificultar a ação da Polícia Civil. No entanto, ele foi encontrado e apreendido, sendo recolhido à Central de Atendimento da Polícia Civil, onde foi ouvido.

Ocorre que, na Central, os policiais civis constataram que havia um mandado de apreensão por ato infracional análogo a roubo contra o menor, desse modo, o menor teve cumprido contra si a ordem judicial em aberto pelo mesmo tipo de crime. As investigações foram intensificadas para que as equipes da DRR possam localizar o paradeiro do segundo envolvido no caso.

Veja Também