No Tocantins

Homem é preso após bater cabeça da esposa no chão várias vezes em Goiatins

31/08/2021 18h56 - Atualizado em 31/08/2021 19h04
Foto: Ascom 3º BPM
PM agiu rápido em caso de crime doméstico

Ao ser preso pela equipe do 3º BPM, o suspeito confirmou a agressão

Na noite desta segunda-feira, 30 de agosto, uma equipe do 3º Batalhão da Polícia Militar foi acionada para atender um caso de violência doméstica no povoado Alto Lindo, município de Goiatins. No local, um homem de 26 anos foi flagrado pouco depois de agredir sua esposa de 31 anos.

Diante da situação, o suspeito foi preso e levado à Central de Fragrantes de Pedro Afonso para as providências legais. Já a mulher foi encaminhada a um hospital na cidade de Itacajá com ferimentos leves.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma testemunha acionou o 3º BPM, por telefone, informando que um homem estaria agredindo uma mulher no interior de uma residência.

No local, o autor do crime, que estava embriagado, foi de encontro aos militares assumindo ter agredido a esposa. Já a vítima encontrava-se caída no interior da residência e foi levada ao hospital em uma ambulância, com um hematoma na panturrilha e uma escoriação no pé, ambos do lado esquerdo, onde foi atendida e liberada posteriormente

Segundo a vítima, o agressor havia chegado em casa bêbado com o rosto machucado, resultado de uma briga de bar, e pediu para que ele fosse embora, momento em que o suspeito puxou seus cabelos arremessando-a na parede e depois no chão, em seguida bateu a cabeça da vítima várias vezes no piso da residência. Neste momento, a testemunha, cunhado do agressor, chegou ao local e acionou a Polícia Militar, que não demorou a chegar, levando o suspeito preso.

Denuncie

O 3º BPM destaca que neste mês de agosto foi realizada a “Campanha Agosto Lilás” com o intuito de chamar atenção para a Lei Maria da Penha e dá destaque às ações do sistema de segurança pública direcionadas ao combate da violência doméstica e familiar.

Vale lembrar que está disponível a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, que presta uma escuta e acolhida qualificada às mulheres em situação de violência. O serviço registra e encaminha denúncias de violência contra a mulher aos órgão competentes.

O serviço também fornece informações sobre os direitos da mulher, como os locais de atendimento mais próximos e apropriados para cada caso: Casa da Mulher Brasileira, Centros de Referências, Delegacias de Atendimento à Mulher (Deam), Defensorias Públicas, Núcleos Integrados de Atendimento às Mulheres, entre outros.

A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana. O Ligue 180 atende todo o território nacional e também pode ser acessado em outros países.

Em casos de emergência também é possível ligar no telefone 190 da Polícia Militar.

 

Veja Também