Programa Tocando em Frente

Carlesse autoriza obras em rodovia que liga Lagoa da Confusão a Barreira da Cruz

01/09/2021 19h10 - Atualizado em 01/09/2021 19h33
Foto: Esequias Araújo/Governo do Tocantins
Governador Carlesse destacou o caráter municipalista da sua gestão e os esforços para alcançar o equilíbrio fiscal, condição que permite ao Executivo Estadual realizar os investimentos necessários para atender os municípios e a população

Pavimentação do trecho de mais de 47 km de extensão é uma demanda de produtores rurais e comunidade indígena

Uma antiga reivindicação do setor produtivo da região de Lagoa da Confusão, na região oeste do Estado do Tocantins, começa a se tornar realidade. Isso porque o governador Mauro Carlesse autorizou nesta quarta-feira, 1° de setembro, as obras de construção do trecho da rodovia TO-255, entre a cidade de Lagoa da Confusão e o porto de Barreira da Cruz (rio Javaés), na divisa com a Ilha do Bananal.

A construção do trecho rodoviário de 47,25 km de extensão faz parte do programa Tocando em Frente e está orçado em R$ 47.163.515,85.

Serão realizadas obras de terraplanagem, obras de arte, drenagem e pavimentação asfáltica. O asfaltamento desse trecho rodoviário entre Lagoa da Confusão e Barreira da Cruz constitui uma reivindicação de décadas da população local, principalmente do setor produtivo do agronegócio, pequenos produtores rurais e comunidades indígenas.

Além de favorecer o tráfego de veículos, a pavimentação da rodovia vai reduzir o custo de produção, facilitar o escoamento e proporcionar mais segurança para os usuários.

O governador Mauro Carlesse mais uma vez destacou o caráter municipalista da sua gestão e os esforços para alcançar o equilíbrio fiscal, condição que permite ao Executivo Estadual realizar os investimentos necessários para atender os municípios e a população. "Foram necessárias medidas duras, mas que estão permitindo agora que o dinheiro público retorne à população em forma de obras, como esta rodovia, que já deveria ter sido feita há muito tempo. As obras, aqui, iniciam hoje mesmo e vamos concluir ainda na nossa gestão", ressaltou.

O produtor rural Antônio Czerpicki acredita que, com a redução de custos proporcionada pela melhoria da rodovia TO-255, haverá aumento nos investimentos do setor produtivo. "Vai impactar positivamente o custo de produção, uma maravilha, vai evitar os acidentes e a quebra dos caminhões", reforçou.

Além disso, a rodovia é um importante trajeto para o transporte escolar dos alunos da zona rural e das comunidades indígenas da região da Ilha do Bananal. Diariamente, cerca de 250 caminhões trafegam pela estrada, transportando minérios, como o calcário, e alimentos como melancia, arroz, feijão e soja.

O cacique Mariano Atxokã Kroho Kanela também defende a rodovia como um fator de desenvolvimento para a região. "É uma antiga reivindicação muito importante, porque representa melhorias em todos os aspectos. Representa melhoria de vida, melhoria do escoamento da produção, além de facilitar o transporte escolar. Acreditamos que será um grande avanço", pontuou.

O empresário e produtor rural Warley Xavier compartilhou a mesma opinião sobre os impactos das obras da rodovia para a região. "Vai melhorar em todos os fundamentos na nossa região. Para toda a região sul, representa desenvolvimento, uma vez que aqui está mais de 70% da produção de grãos e, a partir desse asfalto, vai facilitar o escoamento da produção e reduzir despesas. Quem tem lavoura, sofre muito", explicou.

A secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), Juliana Passarin, explicou que as máquinas já estão no local. "É um trecho rodoviário de grande importância socioeconômica e as obras serão iniciadas imediatamente, por determinação do governador Mauro Carlesse", adiantou.

Rio Javaés

O governador Carlesse aproveitou a visita na Região para, acompanhado de representantes da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), fazer um sobrevoo ao longo do rio Javaés. O objetivo foi discutir soluções para os impactos nas espécies aquáticas e nas comunidades ribeirinhas que vivem ao longo do rio.

Dentre os problemas identificados no rio Javaés estão os bancos de areia, formados no leito do rio, em determinados períodos do ano, e sedimentos que impedem a passagem de água do Rio Araguaia para o Javaés.

"O que queremos é buscar soluções para esse problema que vem se agravando a cada ano. Vamos realizar um estudo para amenizar o problema, proporcionar qualidade de vida a essas comunidades e recuperar esse rio tão importante para o nosso Estado", ressaltou o governador Carlesse.

Em 2019, uma visita técnica realizada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) detectou que, nesta época do ano, o rio Javaés sofre com interrupção do escoamento, devido à formação de bancos de areia, em uma extensão de 65 km, desde a nascente do rio.

Presenças

O evento que marcou a autorização da pavimentação do trecho da rodovia TO-255, entre Lagoa da Confusão e o porto de Barreira da Cruz, contou com a presença do vice-governador Wanderlei Barbosa; do presidente da Assembleia Legislativa, Antonio Andrade; do secretário nacional da Agricultura Familiar, César Halum; e de demais deputados estaduais, prefeitos, produtores rurais e representantes do agronegócio da região.  

Veja Também