Em Rio Sono

Suspeito de tráfico de drogas e maus tratos a animais é preso pela Polícia Civil

03/09/2021 17h47 - Atualizado em 03/09/2021 18h19
Foto - DICOM SSP TO
Fotos mostram drogas e armas de fogo apreendidos pela Polícia Civil no interior do Estado

Prisão ocorreu em uma fazenda onde o homem estava residindo.

Uma ação de combate à criminalidade, deflagrada na manhã desta sexta-feira, 3, por policiais civis da 79ª Delegacia de Lizarda com apoio do Núcleo da PC de Rio Sono e do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), resultou na prisão de um homem de 18 anos que é suspeito de praticar os crimes de tráfico de drogas, posse irregular, de arma de fogo, e maus tratos a animais.

Na mesma ação, que foi comandada pelo delegado-chefe da 79ª DP, Anderson Casé e ocorreu na zona rural de Rio Sono, também foram apreendidas várias porções de maconha, crack, um revólver calibre 22, duas espingardas de fabricação artesanal, do tipo bate bucha, munições de calibre variados, potes com plantas de maconha, além de sete galos, que estavam em uma espécie de rinha e mais de R$ 1400 reais em dinheiro.

 Investigações

Segundo o delegado Anderson Casé, a operação teve por objetivo dar cumprimento a três mandados de busca e apreensão domiciliar em duas residências e também em uma fazenda de um suspeito de praticar um roubo a uma propriedade rural na cidade de Rio Sono, há cerca de 15 dias. Durante as buscas, na casa do investigado, os policiais civis também localizaram uma série de objetos provenientes de furtos e roubos cometidos na cidade de Rio Sono.

Na oportunidade, um indivíduo, armado, invadiu a sede de uma fazenda e, após render e amarrar a esposa do proprietário do local, subtraiu aproximadamente R $20 mil reais da vítima. “Com o aprofundamento das investigações, levantamos indícios da autoria do crime de roubo, uma vez que os indícios apontavam para o investigado de 18 e, assim, representamos, junto ao Poder Judiciário, por mandados de busca e apreensão nos imóveis em que ele morava, bem como na residência de seu pai”, ressaltou o delegado.

Diante dos fatos, o suspeito foi preso em flagrante e encaminhado à Central de Atendimento da Polícia Civil, em Palmas, para realização dos procedimentos legais cabíveis. Posteriormente, ele será recolhido à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Veja Também