No Tocantins

Polícia Militar prende cinco suspeitos por prática de diversos crimes em Gurupi, Araguaína e Porto Nacional

10/09/2021 14h46 - Atualizado em 10/09/2021 14h48
Foto: Polícia Militar

Entre os suspeitos, a PM efetuou a prisão de dois homens que se apresentavam como cobradores de dívidas, por extorsão e porte ilegal de arma de fogo

A Polícia Militar efetuou a prisão de cinco homens, nesta quinta-feira, 9, nas cidades de Gurupi, Araguaína e Porto Nacional. Os indivíduos são suspeitos de terem praticado crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e extorsão.

Na noite desta quinta-feira, a equipe de Força Tática do 4°Batalhão da Polícia Militar, em Gurupi, após receber informações da A.L.I. (Agência Local de Inteligência), abordou um homem, 24 anos, em atitude suspeita. Ao ver a Polícia, o indivíduo jogou uma mochila no jardim de uma casa para tentar despistar e fugir do flagrante. Contudo, após a abordagem dos militares, a mochila foi localizada e no seu interior foi encontrado um quilo de substância análoga à maconha.

O autor, que havia sido preso pela mesma equipe policial há oito dias, pelo crime de receptação, informou ainda que pegou a droga com um homem por R$ 3,5 mil reais. Após a denúncia, ele levou a polícia até o endereço do indivíduo de 31 anos que também foi abordado e detido. Os envolvidos e a droga foram apresentados à central de flagrantes onde foram autuados pelo crime de tráfico de drogas.

Em Araguaína, a Polícia Militar prendeu, no Setor Araguaína-Sul, um homem de 22 anos, por porte ilegal de arma fogo. Com o suspeito foram localizadas seis munições intactas de calibre 22, um revólver Taurus de mesmo calibre e um smartphone.

O homem que estava com uma tornozeleira eletrônica, ao perceber a presença da força policial, jogou uma arma de fogo ao solo, momento em que foi realizada abordagem e busca pessoal. O suspeito afirmou ter adquirido o material bélico através de terceiros e, sobre o uso da tornozeleira eletrônica, relatou que recebeu progressão de regime de cumprimento de pena pelo crime de tráfico de drogas para a prisão domiciliar. Diante dos fatos, o homem foi conduzido e apresentado à Delegacia de Plantão, juntamente com os objetos apreendidos.

Na mesma noite a Polícia Militar de Porto Nacional prendeu, no Setor Parque do Povo, dois homens de 57 e 46 anos, que se apresentavam como cobradores de dívidas, pelos crimes de extorsão, injúria, difamação e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Os policiais militares do 5º Batalhão (5º BPM) foram acionados depois que a dupla chegou ao estabelecimento comercial da vítima, um homem de 44 anos, alegando que foram receber o pagamento de uma dívida no valor de R$ 30.000,00 e que em decorrência dos juros, o valor seria de R$ 35.000,00.

A vítima informou à dupla que havia comprado o estabelecimento de outra pessoa e não reconhecia tal dívida. Os dois, que se apresentaram como cobradores de dívidas, passaram a ameaçar a vítima. Diante dos fatos, os policiais realizaram a busca pessoal nos autores e nada de ilícito foi encontrado, porém, no interior do veículo localizaram um revólver calibre 32, municiado com cinco munições, que um dos indivíduos alegou ser de sua propriedade. Diante do exposto os autores foram conduzidos à Delegacia de Polícia para os procedimentos legais cabíveis, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, injúria, difamação e extorsão. 

Veja Também