Em Palmas

Idosos que vivem em instituições de acolhimento recebem a dose de reforço contra a Covid-19

14/09/2021 10h33 - Atualizado em 14/09/2021 10h35
Foto: Raiza Milhomem

Até o final desta semana, os profissionais da saúde vão percorrer mais seis casas de acolhimento para vacinar idosos e pacientes imunossuprimidos

Os idosos acolhidos pela Instituição de Longa Permanência Rhema, situada no Jardim Taquari, receberam na tarde desta segunda-feira, 13, os enfermeiros da rede de saúde de Palmas, que foram administrar a dose de reforço contra a Covid-19. Na oportunidade, um grupo de pacientes imunossuprimidos que são atendidos pela instituição também foi imunizado.

O enfermeiro e gerente da Linha de Cuidados da Atenção Primária de Palmas, Ilton Batista, lembra que os idosos compõem o grupo mais vulnerável ao novo vírus. “A letalidade pela doença em pessoas acima dos 70 anos é maior, por isso vamos percorrer todos os lares de acolhimento de idosos da Capital para garantir o reforço da imunização, proporcionando, assim, mais proteção e cuidado com a saúde de todos eles”, diz o enfermeiro.

O pastor Domingos Ferreira de Souza, responsável pela coordenação da Instituição de Longa Permanência Rhema, conta sobre a mudança que muitos deles tiveram em sua rotina depois da pandemia. “Diante do medo da Covid-19 que foi bastante sentida pelos idosos que vivem em instituições de acolhimento, como é o caso do nosso grupo, a convivência com outras pessoas precisou ficar restrita para assegurar a saúde dos acolhidos. E eles sentiram muito durante este período”, revelou Domingos, demonstrando agradecimento aos profissionais que fizeram a vacinação nos idosos.

Para Rogério Quintano, 81 anos, o reforço da imunização traz o sentimento de mais tranquilidade. “Estou com saudade de encontrar as pessoas e ver minha família. Acho que agora estaremos ainda mais seguros”, comemorou o aposentado.

Até o final desta semana, os profissionais vão percorrer mais seis casas de acolhimento em Palmas, sendo três localizadas na 210 Sul, uma 108 Sul, no Jardim Taquari e a outra em Taquaruçu Grande. Neste período, eles também farão busca ativa de idosos e pessoas imunossuprimidas em lares para atualização da dose da vacina contra a Covid-19. A previsão da equipe é vacinar mais de 70 idosos.

Veja Também