Prisão aconteceu em Itaporã

Por ciúmes, homem tentar matar companheira com 8 facadas em Colinas acaba preso pela PC

16/09/2021 12h39 - Atualizado em 16/09/2021 12h45
Foto: DICOM SSP TO
Homem suspeito de praticar tentativa de feminicídio é preso pela Polícia Civil em Itaporã do Tocantins

Prisão ocorreu na cidade de Itaporã do Tocantins para onde o suspeito havia fugido após o crime

Um crime de feminicídio tentado, ocorrido em Colinas do Tocantins, no último dia 2 de setembro foi completamente esclarecido pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), quando policiais Civis da 4ª Delegacia de Atendimento à Mulher e Vulneráveis, (4ª DEAMV), comandado pela delegada-chefe da unidade, Lorrany Almeida da Silva, efetuaram a prisão de um homem de 33 anos.

Localizado e preso na cidade de Itaporã do Tocantins, o indivíduo é o principal suspeito de tentar matar a própria companheira, uma mulher de 46 anos, em Colinas, fato ocorrido no último dia 2 de setembro. Na ocasião, o homem atacou a vítima com uma faca e desferiu oito golpes na mulher que foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Araguaína, onde passou por cirurgia, e segue se recuperando dos ferimentos sofridos.

Segundo a autoridade policial, tão logo foram informados do crime, policiais da 4ª DEAMV, com apoio de agentes da 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Colinas, iniciaram as investigações e, pouco tempo depois, identificaram o agressor. Com base nas informações obtidas durante a fase investigativa, a delegada representou pela prisão preventiva do autor, a qual foi deferida.

De posse da ordem judicial, as equipes da PC-TO intensificaram as buscas e diligências e conseguiram localizar o paradeiro do suspeito em Itaporã. Desse modo, com apoio da Delegacia local, os policiais civis de Colinas foram até o município e efetuaram a prisão do homem, que então foi trazido para Colinas, onde foi ratificado o cumprimento do mandado de prisão.

Motivação

De acordo com o apurado durante as investigações, o crime teria sido motivado em razão de ciúmes por parte do marido da vítima, uma vez que o mesmo queria ver um áudio no celular da mulher, pois alegava que poderia estar sendo traído. Diante da recusa da vítima em deixar que o suspeito acessasse seu aparelho celular, ele teria se armado com uma faca e desferido vários golpes na mulher.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o suspeito foi recolhido à Cadeia Pública de Colinas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

 

Veja Também