Regularização financeira

Economista orienta uso do 13º salário para quitar débitos e vê Refis como oportunidade

25/11/2021 17h59 - Atualizado em 25/11/2021 18h04
Foto: Lia Mara
Claudiney Leal - economista

Segundo Claudiney Leal, intenção é usar dinheiro extra para ficar em dia com as contas tributárias e iniciar um novo exercício sem pendências financeiras

Começar o ano sem dívidas, com a tranquilidade de uma vida financeira organizada é o sonho da maior parte das pessoas em idade adulta, e com um pouco de planejamento e disciplina, esse sonho pode tornar-se realidade. Pelo menos é o que afirma o economista de Palmas, Claudiney Leal. Para o especialista, aproveitar o 13º salário para quitar débitos é uma estratégia acertada. Neste sentido, o Mutirão de Renegociação Fiscal (Refis) 2021 da Prefeitura de Palmas é considerado pelo economista uma oportunidade ímpar para quem deseja ajustar as contas com o fisco Municipal.

Leal explica que a renda extra deve ser usada prioritariamente para quitar débitos. “O Refis oferece a possibilidade de se regularizar em relação às dívidas tributárias e essa é uma oportunidade que não deve ser perdida, especialmente porque chega junto com os depósitos dos 13º salários”, lembra o economista.

Só a Prefeitura de Palmas já pagou neste mês de novembro o valor de R$ 20,7 milhões, relativos à primeira parcela do 13º salário, e a segunda parcela deve ser depositada na conta dos servidores municipais ainda na primeira quinzena de dezembro. Vale destacar que a maioria das empresas também antecipa para a última semana de novembro o pagamento da primeira parcela da gratificação natalina.

“Vale a pena usar esse dinheiro para se regularizar financeiramente. Até porque início de ano sempre tem suas próprias contas, impostos como o IPTU e o IPVA, além das despesas de voltas às aulas para quem tem crianças”, comenta Claudiney Leal, recomendando às pessoas que aderirem ao Refis que, se possível, optem pelo pagamento à vista. “Mas se não for possível, o certo é escolher o menor número de parcelas, para a dívida ficar mais barata”, orienta.

Refis

Os contribuintes palmenses com pendência com o município podem negociar seus débitos até o próximo dia 3 de dezembro. Mais informações sobre o Refis 2021 podem ser acessadas aqui .

Veja Também