Garotos do Ninho

Base do Flamengo soma mais de 30% em participações em gols e 'dá fôlego' a Paulo Sousa

13/05/2022 11h22 - Atualizado em 13/05/2022 11h26
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
Paulo Sousa comemora primeiro gol de Victor entre os profissionais

Ótimo aproveitamento e suporte dado aos do Garotos do Ninho têm sido uma virtude no inconsistente trabalho do Mister

Oscilante sob o comando de Paulo Sousa, o Flamengo chegou a 50 gols na última quarta-feira, quando jogou mal, mas avançou às oitavas da Copa do Brasil após bater o Altos-PI por 4 a 1 no placar agregado. Houve bola na rede de Victor Hugo, totalizando 34% de colaboração direta da base em participações em gols nesta temporada. A fase da garotada, aliás, tem amparado o Mister.

O próprio Victor Hugo, autor do segundo gol em Volta Redonda e muito elogiado pelo técnico português, já tinha sido importante no jogo de ida contra o Altos, quando saiu do banco e deu uma assistência para João Gomes, este há mais tempo entre os profissionais e em seu auge no time principal.

Além da dupla citada, Lázaro é outro jogador que tem sido protagonista sob o comando de Paulo Sousa. É o principal garçom da equipe na temporada, com seis assistências, ao lado de Arrascaeta, o principal cérebro do elenco.

Dos Garotos do Ninho, Lázaro também é o principal artilheiro em 2022, com três gols marcados,

É inegável que o ótimo aproveitamento da base é uma virtude do inconsistente trabalho de Paulo Sousa. E a utilização de diversos jovens, como Matheuzinho (quem mais atuou na direita antes de se lesionar), Lázaro, Gomes, Matheus França (em ascensão até fraturar a fíbula do tornozelo direito), além do espaço dado a Cleiton e Marcos Paulo, mais recentemente, se dá independente das circunstâncias.

Antes mesmo de chegar ao Ninho do Urubu, Paulo Sousa conversou com membros do departamento de futebol do Flamengo para traçar metas e conhecer melhor os perfis das principais promessas do clube. Nos primeiros dias, principalmente, Carlos Noval, gerente de transição, colaborou no "meio-campo".
 
 É algo que temos acompanhado desde minha chegada. Temos muitos jogadores presentes e depende do elenco, das necessidades e dos momentos. Temos traçado um trabalho à base de ideias, ritmos competitivos, tomadas de decisão, integração com os jogadores do elenco principal, para que tenham boa performance quando necessário - disse Paulo Sousa, na semana passada.

Não foi à toa o Mister vibrou de forma efusiva o primeiro gol de Victor Hugo entre os profissionais. Ciente da pressão por resultados enquanto lança joias, o treinador tem sido importante, inclusive, com diversas conversas em particular com jovens no CT, a fim de transmitir confiança e dar suporte psicológico - algo que Bruno Spindel, diretor de futebol do Fla, já havia relatado, inclusive.

Confira as participações diretas em gols (em negrito):

GOLS EM 2022 (TOTAL: 7 VIA BASE)


Gabigol - 15
Arrascaeta - 7
Pedro - 5
Bruno Henrique - 3
Everton Ribeiro - 3
Lázaro - 3
Léo Pereira - 2
Willian Arão - 2
Diego Ribas - 1
Gustavo Henrique - 1
Marinho - 1
Filipe Luís - 1
Matheus França - 1
Matheuzinho - 1
Isla- 1
João Gomes - 1
Victor Hugo - 1

ASSSITÊNCIAS EM 2022 (TOTAL: 10 VIA BASE)

​Arrascaeta - 6
Lázaro - 6
Bruno Henrique - 5
Vitinho - 4
Willian Arão - 2
Matheuzinho - 2
Marinho - 2
Isla - 2
Gabigol - 2
Renê - 1
Everton Ribeiro - 1
Pedro - 1
João Gomes - 1
Victor Hugo - 1
Rodinei - 1 

Fonte: Lance

Veja Também