No Tocantins

Polícia Civil incinera mais de 200 kg de pasta base de cocaína no extremo norte do Estado

02/06/2022 16h34 - Atualizado em 02/06/2022 16h37
Foto: DICOM SSP TO
Delegado Reggional Eduardo Artiaga, juntamente com o promotor de Jsutiça de Araguatins durante incineração da droga

Depois de preparada, a droga poderia render até uma tonelada

Em ação realizada na manhã desta quinta-feira, 2, em Araguatins, no extremo norte do Estado, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) promoveu a incineração de 202 quilos de pasta base de cocaína. A droga, avaliada em mais de R$ 30 milhões, havia sido apreendida no último dia 30, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em um veículo, que estava estacionado em um posto de combustíveis, localizado às margens da BR 230, em Araguatins.

A ação que resultou na destruição do entorpecente foi realizada pelas equipes de policiais civis da 1ª Delegacia Regional de Araguatins (1ª DRPC), sob a coordenação do delegado-regional Eduardo Artiaga, e ocorreu em uma cerâmica, localizada no próprio município.

O procedimento foi devidamente autorizado pelo Poder Judiciário e acompanhado pelo promotor de justiça da Comarca local, bem como por representantes da Vigilância Sanitária Municipal e da Perícia Oficial da Polícia Civil do Tocantins. Segundo o delegado Eduardo Artiaga, depois de processada, a droga poderia render até uma tonelada de cocaína e resultaria em um grande montante de lucro aos proprietários do entorpecente.

“A destruição dessa grande quantidade de drogas é motivo de muita satisfação para a Polícia Civil do Tocantins e também pelas demais forças de segurança, uma vez que o entorpecente está avaliado em mais de R$ 30 milhões de reais, e com certeza, a ação é um duro golpe contra a criminalidade e na organização criminosa proprietária Da pasta base de cocaína”, ressaltou o delegado.

Veja Também