No Tocantins

PC prende suspeito de tentativa de homicídio em Conceição

03/06/2022 11h29 - Atualizado em 03/06/2022 11h32
Foto: Divulgação

Um dos autores foi preso em flagrante e conduzido a unidade penal de Arraias

Um homem foi preso em flagrante em Conceição do Tocantins após tentativa de homicídio contra um morador da cidade. O crime ocorreu no último dia 28 de maio, a poucos metros de uma igreja onde acontecia o velório de um servidor da 104ª Delegacia de Conceição, e de sua esposa, ambos vítimas de acidente de trânsito.

“Estávamos próximos ao local, em um posto de gasolina aguardando as funerárias, quando ouvimos um disparo de arma de fogo e muitos gritos. Imediatamente, nos deslocamos até o local que fica no centro da cidade. Em conversa com populares, constatamos que era justamente nas proximidades da igreja onde uma multidão aguardava os corpos do nosso colega de trabalho e sua esposa para serem velados. A vítima dos disparos se refugiou na igreja, onde recebeu atendimento médico da equipe que estava no local para prestar apoio no velório”, relata a delegada da 104ª Delegacia de Conceição, Melícia Resende.

Após esse primeiro atendimento médico, a vítima que foi encaminhada para unidade hospitalar de Conceição, relatou quem seriam os autores da tentativa de homicídio. A delegada, com o apoio de um policial penal do Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (GOPE), iniciou as diligências nas proximidades da igreja, visualizando um dos autores que foi autuado em flagrante delito. O mesmo permanece preso na unidade penal regional de Arraias à disposição do Poder Judiciário.

“O outro autor que é sobrinho do flagrado se evadiu do local. A Polícia Militar prontamente compareceu ao local dos fatos e de forma diligente auxiliou nas buscas do autor que se evadiu. Mas seguimos as investigações até efetuar a prisão deste segundo autor”,

A delegada acrescenta que mesmo em um momento de forte comoção, por causa da morte de um colega de trabalho, as equipes policiais jamais deixariam de cumprir o seu dever de “garantir a paz social e ordem pública”.  

Veja Também