Em Guaraí

Polícia Civil prende foragido do Estado do Pará por tentativa de feminicídio

03/06/2022 17h24 - Atualizado em 03/06/2022 17h26
Foto: DICOM SSP TO
Homem preso também é investigado por um estelionato contra uma mulher em Paraíso

Homem foi capturado em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário do Estado vizinho

Em continuidade às ações de combate à criminalidade, a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 5ª Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (5ª DEIC) de Guaraí, efetuou, na manhã desta sexta-feira, 3, naquele município, a prisão de um homem de 35 anos, procurado pela prática dos crimes de feminicídio, cometido no ano de 2016, em Xinguara (PA).

O suspeito foi capturado mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, oriundo da Comarca de Xinguara. Durante a ação, os policiais civis da 5ª DEIC contaram com o apoio de militares do 17º Batalhão de Polícia Militar do município paraense.

Segundo o delegado-chefe da 5ª DEIC, Adriano Carrasco, a ação que resultou na localização do indivíduo foi deflagrada depois que os policiais civis receberam informações sobre o paradeiro do foragido da Justiça do Pará. “De imediato, passamos a monitorá-lo, realizando sua prisão quando ele saia da agência da Caixa Econômica Federal da cidade”, disse a autoridade policial.

Durante o procedimento de oficialização da prisão, chegou ao conhecimento da Polícia Civil, através da 6ª Delegacia de Atendimento à Mulher de Paraíso, um suposto crime de estelionato, que teria sido praticado pelo autor contra uma mulher que teria se relacionado amorosamente com ele durante o tempo em que se escondeu naquela cidade.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o preso passou por exame de corpo de delito e foi conduzido à Casa de Prisão Provisória de Guaraí, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário do Pará. Segundo o delegado Adriano Carrasco, a prisão do indivíduo é de suma importância, pois trata-se de um homem que teve a prisão domiciliar revogada no Pará e veio para o Tocantins, onde também é investigado por praticar golpes”, disse a autoridade policial.

Veja Também